Notícias Internacionais

NI 267. Japão: Pela primeira vez mangás digitais vendem mais que os físicos

Acontecimento histórico acusa mudança de hábito de consumo e confirma diminuição total de vendas

Saiu hoje um relatório do Instituto de Pesquisa de Publicações Japonesas (Ajpea) afirmando que em 2017 a receita de venda de volumes digitais ultrapassou a dos físicos pela primeira vez na história do mercado japonês. Enquanto o mercado de volumes de papel teve uma queda de 14,4% nas vendas, o digital teve um aumento de 17,2%.

Esse aumento de vendas digital é um resultado direto do recente esforço das editoras em oferecer suas séries por plataformas digitais como Kindle e Kobo, como você pode ver abaixo:

venda.jpg
Receita de vendas, não confundir com unidades vendidas. Receita são os recursos provenientes das vendas, ou seja, o dinheiro obtido.

Os dados também provam a mudança de hábito do consumidos japonês, especialmente na compra de volumes, inclusive, em 2016 o leve aumento também foi devido à venda de obras digitais.  Ainda assim, o catálogo de obras digitais no Japão não chega aos pé do de físicas, especialmente quanto a séries antigas. Com o aumento desse catálogo é possível que vejamos uma venda ainda maior por parte dos volumes digitais.

Mesmo com esse aumento considerável, a queda de vendas da receita total continua forte, uma tendência que começou a partir de 1995.

graph_2.jpg

Outra tendência e mudança de hábito de consumo que é possível observar no gráfico acima é a alteração da forma primária de consumo, que ocorreu nos anos 2000, quando volumes passaram a arrecadar mais que as revistas.

96958A9F889DE0E5E1EBE2E5E0E2E0E4E2E0E0E2E3EAE2E2E2E2E2E2-DSXBZO1262094011082010000002-PB1-2.jpgNão é incomum que os fãs ocidentais fiquem presos à realidade dos anos 90, quando revistas eram muito mais vendidas e a forma primária de consumo, enquanto volumes eram a exceção. Mas a realidade japonesa atual é bem diferente, com revistas arrecadando menos de 30% do total de volumes e continuamente em queda de forma muito mais agressiva.

Não é à toa que muitas foram terminadas, algumas viraram digitais e outras têm sido constantemente reinventadas na esperança de mudar a situação. Não é impossível que as revistas como conhecemos não existam mais no futuro e a indústria adote um formato parecido com as light novels, onde muitas são publicadas online e depois, fazendo sucesso, sejam adaptadas em volumes físicos.

É claro, há um longo caminho à frente e muita coisa pode acontecer até lá que venha a mudar totalmente as tendências de hoje, mas não há como se negar que as coisas estão mudando no Japão.

Curta nossa página no Facebook

 Nos siga no Twitter

BBM Via MangaMag

Anúncios

16 comentários em “NI 267. Japão: Pela primeira vez mangás digitais vendem mais que os físicos”

  1. cara acho que o que discutimos no outro post, novas formas de de acesso ao conteudo, revolucao na forma de consumir os mangas e uma nova forma de ser do proprio ser humano (uau… q filosofico)

    eh um campo mto novo que a gente ainda nem entende mto bem, requer mta pesquisa e tudo… mas eh clara a mudanca das coisas…

    uma hipotese, sera mundial que a leitura esteja em decadencia? sentar e ler um manga, um livro ja n atrai tanto? mais legal sentar, ligar o streaming e ver o anime? sei la…..

    Curtir

    1. Acho que é mais uma questão de mudança na forma de consumo, não que a leitura esteja em decadência exatamente. A Kodansha por exemplo parece que tem um app de celular que funciona mais ou menos assim: os capítulos novos saem juntamente na revista e no site. Se você não quer comprar a revista e/ou prefere ler no celular, você baixa o app e compra pontos. O pacote de pontos mais baixo é o de 120p que custa uns 120 ienes (pouco mais que um 1 dólar) aí vamos supor que saiu um capítulo novo de um mangá que você acompanha, vc olha quantos pontos aquele capítulo vale, vamos supor que seja 30p, e vai usando seus pontos para acompanhar as séries que deseja. Aquele capítulo que você comprou fica salvo na sua conta então você pode reler sempre que quiser também. Isso tbm é um bom indicativo de quais séries são mais populares, só ver quais capítulos estão vendendo mais e recebendo mais “likes”.

      Isso pode facilitar a vida de uma pessoa que por exemplo não tem espaço para comprar mais mangás ou revistas físicas, mas lê muitas séries. Mas nada impede que depois a pessoa compre o mangá físico das séries que mais gosta também.

      Curtido por 1 pessoa

  2. “Não é impossível que as revistas como conhecemos não existam mais no futuro e a indústria adote um formato parecido com as light novels, onde muitas são publicadas online e depois, fazendo sucesso, sejam adaptadas em volumes físicos.”

    Acho que seria uma boa mudança.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Eu sou a favor dos dois. Gosto tanto de ler volume físico quanto digital.
    O digital é um pouco mais barato e é bem prático. Mas nada tira aquela sensação maravilhosa de você pegar e ler um mangá na mão e folhear as páginas.

    Curtir

    1. Não deve morrer, mas pode ficar mais limitado, por exemplo, na Coreia existe os webcomics deles, são todos digitais. Mas quando algo é concluído e fez bastante sucesso, eles imprimem versões em livros. É assim com as light novels no Japão, existe uma quantidade absurda de sites de romance e muita gente escrevendo, alguns se destacam, as editoras ficam de olho e lançam aquilo. Foi assim como Log Horizon e Re:Zero.

      Curtido por 1 pessoa

  4. Enquanto que no Brasil isso ainda é um sonho distante… As plataformas de venda digitais ainda engatinham, salvando-se o Kindle, que não oferece preços muito competitivos pra muitos produtos ainda.
    Aliás, eu ainda sou muito mais o físico, mas sei que no futuro ainda vão sair atrativos que me tentem a migrar. Talvez assim eu não precise olhar pra vergonha de ter comprado os 20 volumes da péssima adaptação de Fate Stay Night todos os dias na estante…

    Curtir

  5. Como está escrito na biblioteca da minha faculdade: ”Livro não da pane, não enguiça”. Sempre vou dar preferência ao Mangá e livros físicos. A única coisa que vejo de vantagem em relação ao papel, é que da pra ser colorido sem problemas. Mas também necessitaria de bons aparelhos pra visualizar de maneira excelente.

    Curtir

  6. Alguém, pelo amor de Deus, me diga a vantagem de ler digital se eu posso leem scans…

    O problema é apoiar pirataria? Não é o caso, até porque compro tudo físico. Mas, se fosse pra escolher entre ler o digital e a scan, aí eu leria o scan. Pra que pagar? E estaria apoiando a pirataria dessa forma. Triste…

    Digital é diferente, é novo, é tecnológico. Não significa que seja melhor, depende do ponto de vista e essa é uma opinião que varia de pessoa pra pessoa. Do ponto de vista ambiental talvez…

    Curtir

    1. A vantagem de ler digital de forma oficial é ser um serviço de melhor qualidade, mais completo e continuar a apoiar os autores. Se as empresas oferecerem serviços digitais de qualidade não haveria pirataria ou diminuiria em grandes quantidades. Porque as pessoas iriam gastar seu tempo traduzindo de graça quando uma empresa já estaria traduzindo de forma mais fácil e rápida?

      É a mesma coisa do Crunchyroll e fansubs, é muito mais difícil achar as coisas licenciadas pelo Crunchy piratas, os fansubs se focam no que eles não traduzem. Você não teria a opção de scan para muitas séries e os scans perderiam força, seriam reduzidos a algo mais underground, como é na França.

      Curtir

      1. Eu entendo os motivos. E concordo. Mas, existindo o físico, dou preferência porque o meu intuito está mais na coleção do que na leitura em si. Há coisas que eu compro e não leio porque li na internet e não concordo com o não apoio aos autores. Então, vou lá e compro…

        A questão é que as gerações futuras não vão ser atraídas pelo analógico, ou serão cada vez menos atraídas. No digital, existem valores e gostos que são mais disseminados hoje em dia, é normal a tendência ao digital…

        Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário^^ (mas não brigue com o amiguinho, se discordar da opinião do colega, discorde com educação).

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s