Listas, Utilidades

O grande guia dos mangás paralisados no Brasil

Os mangás que sumiram do nada…

Acontece constantemente. Uma obra começa a ser publicada no Brasil e, de repente, não aparecem novos volumes nas bancas e livrarias. Mas por que isso? A resposta é até bem simples. Algumas vezes as editoras brasileiras começam a publicar uma obra que ainda não foi encerrada no Japão e chega um momento em que a edição brasileira “encosta” com a publicação japonesa e aí temos que esperar sair um volume novo no Japão para então ele ser publicado no Brasil. Você pode acompanhar quais séries são essas que ainda não foram concluídas no oriente em nossa coluna Novos Volumes de Mangás no Japão.

Entretanto, a situação da obra que você acompanha pode ser outra e é sobre isso que viemos falar nesta postagem. Talvez a obra esteja totalmente parada no Japão, sem qualquer previsão de ganhar novos volumes; talvez a própria editora local tenha decidido suspender temporariamente a publicação, seja por baixas vendas, seja por outros motivos internos. Iremos listar as obras que se encontram nesta situação.

Esta postagem foi publicada originalmente em 04 de maio de 2015. Estava desatualizada há um bom tempo. Agora está de volta ao ar.


OBRAS PARADAS PELAS EDITORAS BRASILEIRAS


Ninja Slayer (Panini): está parado desde agosto de 2017 quando foi lançado o volume 7. O mangá foi concluído no Japão em 14 volumes. Em teoria ele estava em renovação de contrato. Também em teoria retorna no primeiro semestre de 2018, mas como não há muita certeza sobre isso, passa a figurar nesta lista.

Godeath (Nova Sampa): Teve dois de seus três volumes lançados em julho de 2017. A editora chegou a dar um data para o terceiro e último, mas acabou não saindo.

Pride (Nova Sampa): Teve dois de seus quatro volumes lançados em julho de 2017. A editora chegou a dar um data para o terceiro, mas acabou não saindo.

Koroshiya-san (Nova Sampa): Teve o primeiro de seus quatro volumes lançados em julho de 2017. A editora chegou a dar um data para o segundo, mas acabou não saindo.

Log Horizon – light novel (NewPOP): está parado desde março de 2017 quando foi lançado o volume 3. A light novel ainda está em andamento no Japão com o volume 11 previsto para março de 2018. Sem previsão de retorno.

Lábios Molhados (Alto Astral): Teve seu primeiro volume lançado em janeiro de 2017 e até hoje o segundo está a ver navios. A editora não se pronuncia oficialmente, mas o cancelamento da série é certo já que a empresa não está mais publicando mangás. Se até 2019 não for publicado, mudaremos para a lista de mangás cancelados.

O segredo de Natsuki (Alto Astral): Teve seu primeiro volume lançado em setembro de 2016 e nada dos demais. Foi concluído em 4 volumes no Japão. As chances de voltar são praticamente nulas.

Não mexa com minha filha! (Alto Astral): Teve seu primeiro volume publicado em agosto de 2016 e até agora nem sinal dos outros. A série foi concluída em 3 volumes no Japão. Assim como Lábios Molhados e O segredo de Natsuki, seu cancelamento é praticamente certo.

Loveless (NewPOP): Publicado desde 2014 a série ganhou volumes regularmente até o número 6, publicado no final de 2015. O sétimo só foi ver a luz do dia em agosto de 2016. Desde então ela se encontra parada. A editora tem dito que está querendo primeira publicar e finalizar as séries mais curtas antes de dar prosseguimento a Loveless.

Surtada na dieta (Conrad): Webtoon coreana completa em 3 volumes, teve seu primeiro tomo lançado em junho de 2015. Até agora nem sinal do segundo.

Ikkitousen (Nova Sampa): O mangá Ikkitousen teve 12 volumes publicados no Brasil, divididos em duas temporadas de 6. O último volume foi lançado em abril de 2015. No Japão, a série foi concluída em 24 volumes. Não há previsão de retorno.

Drifters (Nova Sampa): Drifters teve 3 volumes lançados, o último deles em agosto de 2014. De lá para cá, a série se encontra parada. No Japão, o mangá também anda a passos lentos e só tem 5 volumes publicados. Não há previsão de retorno.

Tiger & Bunny (Panini): Teve 5 volumes publicados, o último deles em fevereiro de 2014. À época seria só uma pausa já que havia encostado com a publicação japonesa. Hoje a série foi concluída em 9 volumes e não voltou. Não há previsão de retorno.

Kekkaishi (Panini): Teve 19 de seus 35 volumes publicados. O mangá sabidamente vendia mal e está sem sair no Brasil desde maio de 2013. Não há previsão de retorno.

O mito de arata (Panini): Teve 11 volumes publicados no Braisl, o último deles em maio de 2013. No Japão ainda está em publicação com 24 volumes. Não há previsão de retorno.

Zone 00 (Panini): O mangá teve apenas 7 volumes publicados no Brasil, o último deles lançado em setembro de 2012. Ele ainda está em publicação no Japão com 15 volumes. Não há previsão de retorno.

Trinity blood (Panini): O mangá teve 13 volumes publicados no Brasil, o último deles em agosto de 2011. No Japão, a série ainda segue em publicação, atualmente com 20 volumes. Não há previsão de retorno.

MPD Psycho (Panini): O mangá teve 13 volumes publicados no Brasil, o último deles em outubro de 2010. O cancelamento ainda não foi oficializado. O mangá foi concluído no Japão em 24 volumes. Não há previsão de retorno.

Black Lagoon (Panini): O mangá teve 9 volumes publicados no Brasil, o último deles em outubro de 2010. A série ainda está em publicação no Japão com 10 volumes. A Panini não confirma seu cancelamento. Não há previsão de retorno.


OBRAS QUE ESTÃO PARADAS NO JAPÃO HÁ ANOS E, POR ISSO, NÃO GANHAM NOVOS VOLUMES NO BRASIL


Bastard!! – 27 de 27: Paralisado no Japão desde 2012.

D.N.Angel – 15 de 15: Paralisado no Japão desde 2010. Não se sabe se autora pretende continuar a série em algum momento. Alguns sites o consideram como totalmente abandonado, mas as editoras de alguns países ainda dizem que esperam por novos volumes, então ele não foi oficialmente encerrado.

Gate 7 – 04 de 04: Paralisado no Japão desde 2013.

Log Horizon mangá – 01 de 01: Paralisado no Japão desde 2013

Nana – 21 de 21Paralisado no Japão desde 2009. A série foi interrompida por problemas de saúde da autora, nunca revelados exatamente ao público. Não há qualquer previsão de que a obra irá retornar um dia.

X – 18 de 18Paralisado no Japão desde 2003.  Não se tem previsão de quando (ou se) o grupo CLAMP continuará a obra. A paralisação de X está envolto em lendas na internet: algumas pessoas dizem que a obra foi paralisada por causa de problemas sociais no Japão. Outros dizem que o CLAMP apenas o paralisou para priorizar outros projetos. Dizem que o mais provável é que a paralisação teria ocorrido por desentendimentos entre o CLAMP e a revista (e parece também com os leitores). Segundo consta, o mangá estaria se tornando muito violento, a editora japonesa pediu para diminuí-la e as autoras se recusaram. Mas independente de qual for o motivo, o fato é que a obra se encontra parada e vamos continuar sem um fim, por enquanto.

***

Só para ficar claro, NÃO fizeram parte desta lista os mangás:

  • Em publicação regular no Japão, mesmo que eles demorem para ganhar volumes novos lá, como GangstaD.Gray Man e No Game No Life.
  • Títulos que se encontram “encostados” com a publicação japonesa, mesmo que eles demorem a ter volumes novos por aqui como Triage XUltraman e Freezing, visto que se trata apenas da demora para a renovação de contrato e recebimento de material.
  • Vagabond e Noragami, pois embora estejam parados no Japão, a publicação brasileira ainda não encostou no número de volumes japoneses.
  • Terra Formars, pois o retorno da publicação no Japão já foi anunciada.

Na primeira versão desta postagem, a maioria dos itens acima faziam parte da lista, mas decidimos excluí-los por que era bem mais difícil manter a postagem atualizada e porque temos páginas em que a situação das obras está descrita.

Curta nossa página no Facebook
Nos siga no Twitter
BBM

Anúncios

49 comentários em “O grande guia dos mangás paralisados no Brasil”

      1. Sim, oficialmente o mangá ainda está ativo. Mas, pelo jeito que as coisas estão, o Satou Shouji segue firme em carreira solo com a sua série Triage X, e ao que parece ele não está muito afim de voltar a desenhar com o seu irmão para fazer o HOTD.

        Curtir

    1. O “engraçado” é que vários mangakás se afastam por motivo de doença. Doença acomete todo mundo, claro, mas é estranho ver que várias obras que conhecemos não tem capítulos por causa de doença de seus autores…

      Curtir

      1. Francamente, os mangakás são muito folgados na minha opinião. Eu nem imagino um escritor abandonando contrato com uma editora norte-americana fácil assim. Por outro lado, dizem que as condições de trabalho de autores no Japão são horríveis, quase escravidão comparadas com os EUA. Nada disso justifica a Clamp ter abandonado 3 títulos já, inclusive o seu melhor (xxxHolic).

        Curtir

        1. Na verdade é bem isso que tu comentou no final. Mangaká lá sofre pra caramba, ainda mais se for autor de serie semanal na Shonen Jump. Extensa carga horária de trabalho, condições “precárias” das mesmas e má remuneração. Agora imagina levar uma rotina dessa por anos, isso vai desgastando aos poucos o ser humano (não faltam relatos). Claro que há exceções como a do Togashi que fala que é por causa de dores, mas todo mundo sabe que o mal dele se chama Dragon Quest :p.

          Curtir

          1. ”má remuneração” os caras ganhando em torno de 600 reais por pagina feita… Togashi tem problema sério… pelo menos diz a jump… falar que é ”precário” é errado… isso é muito achismo…

            Curtir

        2. Não é todo mangaká que aguenta trabalhar durante anos quase 20 horas por dia, de domingo a domingo, em uma série semanal, como um Eiichiro Oda da vida. E o próprio Eiichiro Oda já foi hospitalizado mais de uma vez.

          Curtir

      2. Sei que parece desculpa esfarrapada, mas é algo comum lá. Há vários casos de estudantes por exemplo que desmaiam de tanto estudar. É parte da cultura deles, tudo feito ao máximo, sempre 120%.

        Na vida de Mangaká a coisa é pior ainda, eles varrem a noite para entregar, ganham muito mal na sua maioria, passam horas e horas sentados. Vários autores já afirmaram que em certos momentos chegaram a trabalhar 20h por dia.

        Esse estresse absoluto afeta o corpo deles, seja pela falta de exercício, má alimentação, por não dormir, etc. Até que uma hora o corpo desaba. Muitos deles pegam coisas como Pneumonia, por exemplo.

        Basta ler os blogs dos autores, é super triste essa situação 😦

        Curtir

  1. Faltou Otomen e Full Metal Panic! Sigma, mas os site com suas super fontes de merda acha que já estão oficialmente cancelados quando não foram. 😉

    Curtir

  2. Aparentemente Ikkitousen foi concluído. Acho que com 24 volumes (que sorte, um número que é divisível por 6 — a mesma quantidade de volumes por temporada da Sampa). Mas tá com uma sequência chamada Shin Ikkitousen. Acho difícil a Sampa trazer, mas pelo menos agora eles têm maiores chances de conseguirem concluir a série.

    Curtir

  3. Triste esse tanto de mangá em hiato ou cancelado. Tem o problema de vendas, OK, Tem o problema de doença dos autores, OK, Mais o autor largar de mão é muita canalhice . Pior é ficar com inumeras edições incompletas. Como leitor vai investir seu paco dinheiro em publicações que vão morrer na praia ~~

    Curtir

  4. Acredito que pior do que ter um mangá de sua coleção cancelado é colecionar um mangá que a editora não se pronuncia sobre a sua continuação.

    Curtir

  5. Isso é inaceitável! Uma quantidade absurda de mangás paralisados e muito sem nem se quer uma data de retorno. Isso serve para refletirmos, será que vale mesmo colecionar mangás? Onde muitas editoras e autores não possuem o mínimo respeito pelo leitores, por quem apoia seus produto! O mangá de X está parado há mais de uma DÉCADA…. como fica as pessoas que investiram seu tempo e dinheiro neles? No Brasil muitas publicações são tratadas com desleixo pela editoras, sendo feitas com qualidade inferiores, papeis jornais que sofrem com a passagem do tempo, muitos mangás soltam suas páginas (especialmente os da JBC). Infelizmente não irei completar minha coleção de MAGI, percebi que este é um produto e um mercado que não vale o meu investimento, vou continuar acompanhando a história dos mangás que eu gosto, mas na internet, de graça, sim, vou agir da mesma forma que as editoras e os autores agem com os leitores, esse mercado não merece nosso investimento! Parabéns pela matéria e por nos conscientizar a respeito dos mangás Biblioteca brasileira de mangás.

    Curtir

  6. Dá até um aperto no coração, em saber que HighSchool Of The Dead não irá ter um fim. Realmente uma pena. Por que tu foi morrer, Daisuke Satō?. Como sou fã da obra, irei comprar tudo lançado no Brasil, desde a versão simples, até a versão colorida. Curto muito H.O.T.D. Uma pena ter acabado assim, já que dificilmente vão seguir com a obra.

    Curtir

  7. Nossa, essa matéria veio num momento oportuno. Estava relendo a antiga ”Desenhe e Publique Mangá” da querida Editora Escala (a propósito, as histórias de artistas independentes dessa extinta publicação são ótimas. Dão de 10 a 0 na Henshin Mangá) e tinha uma matéria de X da CLAMP. E agora vejo a história de sua paralisação aqui. Uma pena. Esse Mangá me despertou atenção desde a minha infância devido a matéria da revista. Bom, apesar de tudo, sorte que não comprei na época, já que parece que nunca vão finalizar.

    KYON: Saintia Shô logo, logo, alcançara a versão japonesa. Será que o espaçamento a partir dai será extenso? Será que Saintia Shô acabará logo no Japão também? Aliás, está vendendo bem lá?

    Curtir

  8. Ja ja pode colocar Toriko nessa lista… O volume 30 não apareceu no checklist de fevereiro e a Panini disse que ele deve sair ainda no primeiro SEMESTRE, isso se sair… Toriko ta indo pra famosa geladeira da Panini.

    Curtir

  9. No caso de Log Horizon, li há poucas semanas no ANMTV que a NewPop respondeu jm questionamento via Facebook dizendo que o titulo voltaria neste semestre e dando a entender que a tradução já foi feita até o volume10.
    Já quanto a Kekkaishi e Trinity Blood, não tenho esperanças. Mas MPD quem sabe…é um gibi adulto, muitíssimo violento, muitíssimo cruel…quem sabe…

    Curtir

  10. Que pena… quando se trata do Japão não poderemos fazer nd, a ñ ser torcer, mas no brasil tem muitos títulos interessantes paralisados 😦

    Curtir

Deixe sua opinião. Seu comentário é muito importante para nós^^.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s