Review

Resenha: One Week Friends #03 – avanços e retrocessos

O slice of life que você respeita…

I

One Week Friends é um mangá que eu só consigo definir como kawaii, um mangá fofinho e bonitinho que eu aguardo ansiosamente para ler. Ele apresenta a história do cotidiano de amigos sempre envolto em uma situação que gerará o sorriso do leitor, seja por uma situação de “fofura” por parte dos personagens, seja de humor. Trata-se de um típico mangá slice of life que mistura o estilo “normal” de mangá com o 4-koma, as tirinhas japonesas.

Aos que não conhecem a obra e tenham chegado aqui por acaso ou vontade própria, One Week Friends conta a história da amizade do menino Hase e da garota Fujimiya e os percalços encontrados por eles. Fujimiya possui um grave problema de memória que a faz, a cada segunda-feira, se esquecer de todos os momentos felizes que teve com os amigos. Sim, somente com os amigos, o que faz a garota evitar ter contato com outras pessoas da escola. Hase deseja se tornar amigo dela e não desiste disso mesmo ao saber do problema da garota, querendo a amizade dela todas as semanas, daí o título do mangá.

Ao longo dos capítulos vemos a amizade deles se desenvolvendo com situações cômicas, de ternura e, evidentemente, com percalços colocados pelo problema da garota. Outros personagens também entram em cena como Shougo, melhor amigo de Hase, e Yamagishi, uma garota desligada (e até desmemoriada) que decide fazer amizade com Fujimiya simplesmente “porque sim”, tal qual Hase.

II

O volume 3 do mangá inicia com Fujimiya sendo uma garota, até certo ponto, popular. No início da história, ela ficava sozinha em sala, sem conversar com ninguém, mas aos poucos começou a ter contato com Hase, depois com Shougo e, por fim, com Yamagishi. E foi por causa da presença desta última que ela teve contato com outras pessoas da classe, conversando mais, fazendo-a ficar bastante feliz, com uma realidade completamente oposta a de meses antes. Para quem até pouco tempo não conseguia ter amigos, essa evolução era motivo de bastante felicidade para a garota com certeza.

O volume não nos mostra só isso, ele também apresenta uma evolução na amizade de Fujimiya com Hase, com ela começando a se lembrar dele mais facilmente. Até então, ela anotava sobre o amigo em um caderno, porém mesmo assim não conseguia se lembrar dele a cada segunda-feira. Agora, isso já evolui e a amizade deles torna-se mais sólida.

Mas é claro que uma história não vive sem conflito e há dois pontos na obra que são levantados. Primeiro são os “verdadeiros” sentimentos da garota e do rapaz. Há uma insinuação de que um gosta do outro, mas isso não é desenvolvido no volume e, dado andamento da obra até aqui, talvez sequer haja um desenvolvimento disso até o fim do mangá. Embora existam esses “sentimentos maiores”, a amizade é que parece ser o mote principal da história, então o amor e o namoro não devem ter vez na narrativa.

O segundo ponto é aquela incógnita pela qual a obra gira. Por qual motivo Fujimiya perde a memória apenas dos amigos? No volume anterior, descobrimos que a causa decerto seria emocional, algum trauma sofrido pela garota, porém não tínhamos ideia de que trauma seria esse. O terceiro volume vem colocar mais elementos nessa questão, gerando mais dúvidas na cabeça dos leitores^^.

O volume termina de um modo interessante. Um novo aluno entra para a classe de Hase e Fujimiya e, por causa daquelas coincidências que só a ficção concebe, esse novo aluno já conhecia a garota e fica nítido que ele pode ter sido uma das causas do problema de memória de Fujimiya. [Spoilers] O choque da garota é tanto ao vê-lo que ela desmaia e é levada para a enfermaria. O resultado disso é que quando ela acorda, ela não consegue se lembrar de Hase O_o. O que antes era avanço, termina em retrocesso… [/spoilers]

Agora fica toda a expectativa de como será o quarto volume. Quais descobertas teremos? Quais situações nos farão rir? O que acontecerá com Fujimiya agora que esse aluno apareceu? A amizade com Hase será abalada? Cadê o quarto volume que não chega? Sim, One Week Friends é, atualmente, um dos títulos que mais espero sair^^.

O problema de One Week Friends é ser curto demais. Enquanto a maioria dos mangás costumam ter, em média, 200 páginas, os volumes de OWF não passam de 150. O primeiro foi um pouquinho mais longo, mas esse pouquinho é pouquinho mesmo, 162. Pelo menos o mangá possui o melhor papel jornal usado pela Panini…

***

Curta nossa página no Facebook

 Nos siga no Twitter

BBM

Anúncios

1 thought on “Resenha: One Week Friends #03 – avanços e retrocessos”

Deixe sua opinião. Seu comentário é muito importante para nós^^.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s