Review

Resenha: The voices of a distant star – Hoshi no Koe

the-voices-of-a-distant-starA distância que separa…

Toda vez que vejo um filme ou leio um mangá adaptando um filme de Makoto Shinkai parece que estou sempre acompanhando uma mesma linha temática em que o autor busca mostrar o sofrimento humano frente aos desafios da vida.

Na série de curtas Ela e seu gato, mostra-se de uma maneira intimista a dificuldade de adaptação de uma pessoa perante a vida adulta e o desânimo que ela vai ganhando ao não conseguir encontrar um trabalho. Em Viagem para Agartha, por sua vez, as perdas acabam sendo o tema central e o filme mostra a dificuldade dos seres humanos de aceitar o fim da vida dos entes queridos. Já em 5 centímetros por segundo o tema central é a separação e a distância, bem como a dificuldade das pessoas em aceitar essa separação.

The voices of a distant star (Vozes de uma estrela distante) é um curta que também fala de separação e distância. Produzido em 2002, anos antes de 5 cm por segundo, Shinkai apresenta uma visão tão melancólica da situação quanto seu filme posterior…

Como todas (?) as obras de Shinkai, The voices of a distante star foi adaptado em mangá. Serializado entre fevereiro e dezembro de 2004 na revista seinen Afternoon, da Kodansha, e teve como desenhista Sumomo Yumeta e, ao contrário da obra original, apresenta uma mensagem mais positiva. O mangá chegou ao Brasil em 2010, por meio da editora Panini e hoje viemos falar um pouquinho desse título para vocês.

voices of a distant star


Sinopse


O projeto de exploração de Marte foi destruído por um ataque alienigena em 2039. Sete anos mais tarde, as Nações Unidas lançam uma missão de busca e destruição dos aliens no espaço profundo. Mikako e Noboru terminaram suas provas para entrarem na escola secundária… ou assim parecia ser. Entretanto Mikako é escolhida para participar como piloto desta missão, e isso os separa. Quando ela se encontra no espaço, sua única forma de comunicação é por mensagem de celular, que demora cada vez mais para ir e vir, enquanto as naves espaciais viajam para fora do sistema solar.


História e desenvolvimento


Só pelo título da história ou pela sinopse já é possível ver que a história de Mikako e Noboru é marcado pela distância. Amigos desde sempre, os dois parecem nutrir um sentimento especial um pelo outro, embora ainda não saibam disso no início. O mangá possui dois pontos bem distintos, a vida pacata na Terra e a vida agitada no espaço, marcado pela ameaça alienígena, e são esses pontos que marcam a distância entre os dois personagens da história.

O mangá apresenta a troca de mensagens de um pelo outro, ao mesmo tempo em que vai mostrando o desenvolvimento da vida deles, Mikako no espaço se aperfeiçoando na condução de “robôs gigantes” e Noboru na Terra, vivendo sua vida como um estudante normal.

O drama reside justamente nessa distância espacial entre eles, gerando em ambos o sentimento de “terem ficado para trás”, de terem sido esquecidos por uma pessoa que eles consideravam muito importante. Tudo muito natural, pois às vezes a falta de contato entre as pessoas acaba ocasionando pensamentos nebulosos que, muitas vezes, não correspondem à realidade.

O modo como cada pessoa se adapta a essa distância é diferente e de alguma forma esquecer acaba sendo o melhor a fazer para algumas pessoas. Noboru vivia a esperar uma nova mensagem de Mikako, mas chegou um momento em que ele cansou e seguiu com a vida. Mikako, por outro lado, estava sempre pensando nele e seu maior medo era realmente ser esquecida e nunca mais poder ver o amigo de novo. Embora ambos sofressem pela falta um do outro, ela parecia estar mais afetada, mais melancólica.

Nada é imutável, porém, e uma mensagem é capaz de fazer Noboru reviver o seu sentimento por Mikako e decidir mudar de vida. O final do mangá é de extremos. De um lado ocorre um desastre e de outro ocorre uma alegria imensa. O fim acaba sendo bem positivo e esperançoso, pois mostra que a distância, por mais que exista, jamais irá superar o verdadeiro amor. E no caso desse mangá, a distância não é simplesmente uma cidade, ou um país, e sim um universo inteiro. Mesmo assim, mesmo com essa distância monstruosa, o mangá termina com uma mensagem positiva e muito bonita…

Vale dizer, por fim, que a luta espacial pouco ou nada importa no mangá. O cenário futurista foi utilizado unicamente para mostrar uma distância intransponível e que mesmo ela pode ser superada, se as pessoas envolvidas quiserem muito. O que não quer dizer que esse cenário seja irrelevante por completo, pois ele também é utilizado para falar dos temas da obra. O fato de existir uma distância entre os humanos e alienígenas, por exemplo, é bem importante, pois mostra que a aproximação não é tão inerente ao humano e é preciso muito esforço para transpor essas barreiras. Não chega a ser algo genial, mas ao menos foi muito bem pensado e colocado no mangá.


Veredicto


The Voices of a distant star é uma obra tão dramática como diversas outras de Makoto Shinkai. Porém, diferente de 5 cm por segundo e Ela e seu gato ele não é título que nos faz sentir aquela angústia no peito, sendo um pouco mais leve, parecido com Viagem para Agartha. A diferença entre o filme original e o mangá é que o filme é mais melancólico e não apresenta um final mais feliz.

O mangá termina de uma forma bastante positiva e, decerto, agrada muitas pessoas por sua mensagem de esperança e otimismo. O título realmente é bastante interessante e merece a leitura por todos. O problema é que o mangá já se encontra esgotado e é difícil encontrar por um bom preço, mesmo usado…

Por fim, vale comentar que a animação está disponível na Netflix.


Ficha Técnica


Título: The Voices of a distant star – hoshi no koe

Autor: Makoto Shinkai; Sumomo Yumeta

Editora: Panini

Acabamento: Papel jornal

Número de volumes: 1

Preço: R$ 10,90

***

Curta nossa página no Facebook

 Nos siga no Twitter

BBM

Anúncios

1 thought on “Resenha: The voices of a distant star – Hoshi no Koe”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s