Matérias

Os raros mangás em Portugal…

devirVamos conhecer um pouco mais?

I

Não raras vezes vemos os consumidores brasileiros de mangás invejando os Estados Unidos, a França, a Espanha ou Itália pela enorme quantidade de lançamentos que existem nesses países. Nem há como culpá-los, afinal realmente temos muito poucos mangás sendo publicados no Brasil, por diversos motivos que não cabem discutir nesta postagem.

Com isso, uma infinidade de mangás que as pessoas querem dificilmente chegarão ao país brevemente e talvez nunca cheguem. Porém, apesar dos pesares, o mercado brasileiro pode ser considerado consolidado e, bem ou mal, possui uma concorrência entre pelo menos três editoras.

O mesmo não ocorre em outros países. No México só há duas empresas nesse ramo, Panini e Kamite, sendo a primeira uma gigante aparentemente bem maior do que é no Brasil. Na Argentina embora exista pelo menos quatro que publiquem mangás, apenas uma é relevante, a Ivrea, o resto só lança uma coisa aqui e outra ali e não chegam nem a 10% do que a Ivrea publica regularmente. Em Portugal, a situação é pior ainda existindo apenas uma editora a publicar os quadrinhos japoneses, a Devir. É justamente sobre a Portugal que gostaríamos de falar hoje.

II

Portugal nunca teve muita sorte com mangás para falar a verdade. Embora se publiquem títulos lá há bastante tempo, essas publicações foram bastantes esparsas, nunca de forma contínua e sempre limitada a uma única editora. Não houve empresa por lá que tenha começado a lançar mangás e se mantido no mercado por muito tempo.

Não foi por falta de tentativa, entretanto. Segundo informações do blog português Leituras de BD, várias editoras tentaram e abandonaram o barco um tempo depois, algumas delas falindo. O resultado disso é que vários mangás acabaram inconclusos. Antes da entrada da Devir no mercado (que ocorreu só em 2012), pouquíssimos mangás foram lançados até o fim, com destaque para Akira, de Katsuhiro Otomo, pela editora Meribérika, e Dragon Ball, de Akira Toriyama, pela conhecida multinacional Planeta deAgostini. Quase todo o resto ficou na penúria…

Mas Portugal também não é só desânimo. O mercado português possui aberturas que o Brasileiro não tem. Tal qual ocorre na Itália, alguns mangás foram lançados na terra dos nossos colonizadores junto a periódicos locais. Obras de Jiro Taniguchi, por exemplo, foram publicados em coleções distintas de Graphic Novels, uma em 2005 e outras duas em 2015/2016.

Mesmo com esses exemplos, entretanto, trata-se de um número mínimo de mangás que não configuram um mercado de mangás em Portugal. O resultado disso é que se tornou comum os portugueses adquirirem mangás de outros países. Mesmo mangás do Brasil são importados para Portugal para aqueles que não dominam outros idiomas. Mas em 2012 as coisas começaram a melhorar, timidamente. Muito timidamente.

III

Em 2012, com Death Note, a Devir iniciou a publicação de mangás e parece ter dado certo até o momento, pois não parou mais. Anteriormente, em 2005, a empresa já havia lançado Dark Angel, do Kya Asamiya, mas pelo que parece na ocasião o título não chegou a ser completado. A situação atual é completamente outra.

Embora a periodicidade não seja o forte da empresa, agora ela possui quase uma dezena de títulos em seu catálogo e mesmo a concorrência com mangás brasileiros parece não assustar a editora. Perguntada sobre essa concorrência, a Devir respondeu o seguinte:

devir

Infelizmente para os portugueses, editora Devir lança apenas mangás da Shueisha, por meio de uma parceria com a Viz europeia. Mais especificamente, a editora lança as obras das revistas Jump (Shonen Jump, Young Jump, etc), como Tokyo Ghoul e Naruto. Talvez não seja tão infelizmente assim, talvez seja o que o público deseja, mas não seria nada anormal haver consumidores que quereriam algo diferente, tal qual os consumidores brasileiros…

No mais, é legal ver uma editora arriscando em um mercado em que ninguém arrisca.

IV

Abaixo uma lista de mangás publicados em Portugal ao longo dos anos. Grande parte dessa lista foi laborada seguindo a pesquisa feita pelo blog português Leituras de BD. A outra parte da lista foi organizada por nossa pesquisa própria, utilizando informações de outros blogs como A garagem.


Editora Devir


dark-anggel-devirDark Angel

De Kya Asamiya. Lançado em 2005. Aparentemente esse mangá foi cancelado após ter apenas duas edições publicadas. No total são 5 tomos.

O mangá foi publicado no Brasil, pela editora Mythos.

Sinopse: A história de Dark Angel se passa em um mundo mítico, dividido em quatro países de acordo com os pontos cardeais e os animais sagrados chineses: há o Reino dos Ventos do Leste, que tem como símbolo o Dragão Azul, o Reino dos Ventos do Norte, sob a constelação da Ursa Maior, o Reino dos Ventos do Sul, sob a proteção da Fênix Escarlate e o Reino dos Ventos do Oeste, domínio do grande Tigre Branco. Há ainda o reino central de Oukaku, responsável pela manutenção da ordem entre as Nações do Quatro Ventos. Cada um dos reinos é governado por um guerreiro possuidor de poderes extraordinários, que também é o guardião de seu país. Estes soberanos recebem o nome de fantasmas sagrados (gensei) e têm pequenos espíritos guardiões como seus conselheiros. Por força de um tratado firmado muito tempo atrás, nenhum deles pode entrar em um domínio que não seja o seu sem antes pedir a permissão do fantasma sagrado que o governa, e assim os quatro reinos vivem um tempo de paz. No mangá acompanhamos a história de Dark, um desses fantasmas sagrados recém-nomeado de um dos reinos, e sua peregrinação até o reino central para efetivar a sua nomeação. No caminho ele vai encontrando os outros 3 genseis, cada um com as suas motivações. Dark, que é contra o uso da violência, é obrigado a combater o seus inimigos e seu próprio lado maligno.

death-note-devirDeath Note

De Tsugumi Ohba e Takeshi Obata. Foi o primeiro mangá da editora Devir nessa leva. O título começou a ser publicado em 2012 e foi concluído em março de 2015.

Death Note foi publicado no Brasil pela editora JBC.

Sinopse:A trama gira em torno de um caderno com poderes inimagináveis, que cai por acaso nas mãos do estudante Light Yagami. O rapaz logo percebe que, ao escrever ali o nome de qualquer pessoa que escolha, ela acaba morta!Para a alegria de Ryuk, o Deus da Morte antigo dono do Death Note, não demora para Light passar a atuar como justiceiro, eliminando qualquer um que atrapalhe o bem-estar social. Tantas mortes misteriosas chamam a atenção da polícia de todas as partes do mundo. Para solucionar o caso, entra em cena o misterioso L. Conhecido como o maior detetive do mundo, ele começa a montar um imenso quebra-cabeça para capturar Kira – apelido pelo qual Light passa a ser chamado.A grande questão é: seria Light um herói ou um assassino? Estaria ele fazendo um bem para o mundo ou estaria se tornando um criminoso como aqueles que eliminou?

blue-exorcist-devirBlue Exorcist

De Kazue Kato. Anunciado ao lado de Naruto em 2013. Ainda está em publicação. No Brasil, o mangá é lançado pela editora JBC.

Sinopse: Rin Okumura é um orfão que vive com Yukio, seu irmão gêmeo, no Monastério de Vera Cruz. Ao contrário de seu irmão, que é aplicado e conseguiu uma bolsa de estudos, Rin não é muito inteligente e tem um dom natural para arrumar confusão. Um dia, em meio a uma briga, o jovem descobrirá o grande segredo que envolve seu passado e também que existem dêmonios no mundo. Criado por um padre exorcista, Rin não vê outra saída a não ser estudar para se tornar também um exorcista e lutar contra o mal. O jovem ingressa no Colégio Vera Cruz para se tornar um verdadeiro exorcista. Mas, é claro que as aulas não serão todas teóricas… Acompanhe Rin em sua estrada dividida entre o bem e o mal, entre os exorcistas e os demônios, entre a paz e a batalha!

naruto-devirNaruto

De Masashi Kishimoto. Anunciado em 2013, ainda está em publicação. No Brasil o mangá é lançado pela editora Panini.

Sinopse: Há doze anos atrás, a Aldeia Oculta sob as Folhas foi atacada por uma ameaça temível. A raposa demônio com nove caudas tirou a vida ao chefe da aldeia, o Hokage, bem como a muitos outros aldeões. Hoje, a aldeia vive em paz, e um rapaz desordeiro chamado Naruto luta para se formar na Academia Ninja. A sua grande aspiração é tornar-se Hokage, mas o destino que verdadeiramente o espera será muito mais complexo!

aynik-devir

All You Need Is Kill

De Takeshi Obata. Teve seus dois volumes lançados no primeiro semestre de 2015. Veja análise do mangá no site Otaku PT.

No Brasil o mangá foi publicado pela editora JBC.

Sinopse: A trama mostra o soldado inexperiente Keiji, que morre em sua primeira investida em campo de batalha contra alienígenas que invadiram a terra, mas acaba acordando logo em seguida na manhã anterior a esse mesmo primeiro ataque. Agora ele terá que entender o que aconteceu e, ao mesmo tempo, ajudar as forças da Terra a vencer os inimigos do planeta.

assassination-classroom-devirAssassination Classroom

De Yusei Matsui. Começou a ser publicado em julho de 2015 e contou até mesmo com evento de lançamento. Ainda está em publicação em Portugal.

No Brasil, o mangá é publicado pela editora Panini.

Sinopse: A Classe 3-E da escola Kunugigaoka é apresentada a uma figura bem estranha. Ele é um monstro em formato de polvo e a partir de hoje será o novo professor deles! Pra piorar, esse tal monstro foi o responsável por destruir boa parte da lua e pretende fazer o mesmo com o planeta Terra daqui há um ano, mas antes ele irá treinar todos os alunos dessa sala para uma missão bem peculiar:  ensinar eles a matá-lo em menos de um ano, antes que ele cometa tal ato

kenshin-o-samurai-erranteKenshin – o samurai errante

De Nobuhiro Watsuki. O mangá Samurai X começou a ser publicado em outubro de 2015 em Portugal. O mangá porém possui uma periodicidade muito irregular e poucos volumes foram lançados até agora.

No Brasil, o mangá foi publicado pela editora JBC.

Sinopse: Samurai X foi lançado em 1994 no Japão, sob o título de Rurouni Kenshin. Escrito por Nobuhiro Watsuki e publicado originalmente nas páginas da revista Shonen Jump, da editora Shueisha, o mangá narra as aventuras de Kenshin Himura, um homem que proibiu a si mesmo de matar pessoas. Na verdade, ele é Battousai, o Retalhador, um dos monarquistas que abriu caminho para uma nova era na história do Japão, durante o Bakumatsu – guerra que deu fim ao sistema feudal no qual o país estava mergulhado havia séculos. Kenshin abandonou as batalhas e se tornou um pacífico andarilho. Depois de 10 anos peregrinando pelo Japão, Battousai encontra no Dojo Kamiya, da bela e explosiva Kaoru, o lar que nunca teve. Sua fama e seu passado, porém, jamais o abandonaram. Ele conta ainda com novos inimigos que surgem para desafiar o lendário Retalhador. Para manter a sua promessa de não matar e ainda proteger seus amigos, o herói carrega consigo uma Sakabatou (espada de lâmina invertida), com a qual enfrenta seus novos desafios.

tokyo-ghoul-devirTokyo Ghoul

De Sui Ichida. Começou a ser publicado em maio de 2016 e vem sendo publicado bem regularmente.

No Brasil, o mangá é publicado pela editora Panini.

Sinopse: A história de Tokyo Ghoul gira em torno de Ken Kaneki, um estudante que mal sobrevive a um encontro mortal com Rize Kamishiro, uma mulher que se revela um Ghoul (criatura semelhante a humanos que caça e devora carne humana). Kaneki é levado para o hospital em estado critico. Depois de recuperado, ele descobre que, de alguma forma, foi submetido a uma cirurgia que o transformou em meio-ghoul, e que, assim como eles, deverá consumir carne humana para poder sobreviver e viver com saúde. Sem ninguém pra recorrer, ele é levado pelo gerente de uma cafeteria chamada “Anteiku”, onde lhe ensinam a viver como meio-humano e meio-ghoul e a interagir com a sociedade Ghoul e as suas facções, enquanto se esforça para manter sua identidade secreta para humanos.

One-Punch Man

De One e Yusuke Murata. Começou a ser lançado em Portugal no mês de março de 2017.

No Brasil, o mangá é publicado pela editora Panini.

Sinopse: Um herói que derrota monstros incríveis com um só murro? Acreditam mesmo que isto é um mangá de lutas infindáveis? Mesmo quando se pode resolver tudo com um soco, restam tantos problemas na vida… Acompanhem a história de Saitama, um herói aborrecido, com uma força desmesurada que não encontra adversários à sua altura.

platinum-end-devir

Platinum End

De Tsugumi Ohba e Takeshi Obata. Título anunciado. Previsto inicialmente para começar a ser lançado em março de 2017, teve seu primeiro volume publicado em maio.

O título é inédito no Brasil.

Sinopse: A história centra-se em dois personagens, um ser humano e um anjo. E o humano, Mirai Kakehashi, é um menino que não tem esperança na vida.


Editora Panini


o-homem-que-caminha

O homem que caminha

De Jiro Taniguchi. Possui apenas 1 volume. Por volta de 2005, era lançado em Portugal uma coleção chamada “Série Ouro” da banda desenhada. A coleção era publicada pela Panini, mas editada pela Devir e distribuída junto ao jornal Correio da manhã. O homem que caminha fez parte dessa coleção. Leia mais.

O título é inédito no Brasil.

Sinopse: Um homem começa a caminhar em sua vizinhança, e reserva um tempo para observar as pequenas coisas todos os dias que raramente recebem atenção. Num registro intimista e de grande serenidade, que o aproxima do cinema de Ozu e Mizoguchi, Taniguchi dá-nos a conhecer em páginas de grande beleza, a vida de um homem que mesmo na grande cidade consegue encontrar a harmonia com a natureza.

Levoir


o-diario-do-meu-pai_capa

O diário de meu pai

De Jiro Taniguchi. Possui 1 volume (280 páginas) e foi publicado em abril de 2015. Foi lançado no formato 17 x 24 cm e o preço foi €9,90. A Levoir publicou uma série de Graphic Novels junto ao jornal português “O público” e, entre elas, havia esse mangá do Jiro Taniguchi.

O título é inédito no Brasil.

Sinopse: Yoichi Yamashita regressa a Tottori – sua terra natal – para o funeral do seu pai. Um regresso às raízes, que o leva a evocar a infância e a perceber finalmente a personalidade austera do seu pai, com quem não falava há anos. Um relato intimista e comovente, contado com grande beleza e sensibilidade pelo mais europeu dos desenhadores japoneses.

terra-dos-sonhosTerra dos sonhos

De Jiro Taniguchi. Possui 1 volume. É a segunda obra de Taniguchi lançada na coleção do jornal português “O Público”. Terceira do autor em Portugal. Possui 176 páginas e foi lançada em junho de 2016, ao preço de €9,90.

O título é inédito no Brasil.

Sinopse: São cinco relatos intimistas, com traços auto-biográficos que o próprio autor assume no posfácio do livro, “impregnados da observação do quotidiano da vida moderna, que mergulham o leitor na realidade da vida e da sua emoção humana”: a morte de um cão e a tristeza que ela provoca, o nascimento de uma ninhada de gatos, a chegada de uma jovem sobrinha que fugiu de casa, os sonhos que um alpinista abandonou a troco de uma família…

TEXTO EDITORA


ranma-texto-editoraRanma 1/2

De Rumiko Takahashi. Teria sido lançado por volta de 1996 e teve poucas e pequenas edições lançadas antes de ser descontinuado. Leia mais sobre essa publicação aqui.

No Brasil, o mangá foi lançado primeiramente pela editora Animangá em edições de formato maior e com poucas páginas por edição, mas não foi concluído. Posteriormente a editora JBC assumiu o título e o publicou até o fim.

Sinopse: Ranma Saotome é um jovem estudante de artes marciais. Certo dia, ele e seu pai partem para uma jornada de treinamento em Bayan Har Shan (Montanhas Bayankala), na província de Qinghai, na China. O local é extremamente perigoso, pois abriga inúmeras fontes tidas como amaldiçoadas. Diz a lenda que pessoas e animais morreram nelas e por isso, quem cair numa, passa se transformar na vítima que se afogou nelas. Para o azar de Ranma e de seu pai, Genma, ambos caíram em fontes durante o treinamento. O resultado é que o jovem artista marcial agora se transforma em garota sempre que se molha em água fria, voltando ao normal somente quando entra em contato com água quente. Já seu pai transforma-se em um imenso panda. De volta ao Japão, o pai de Ranma, sempre pensando em seu bem-estar, arruma um casamento para o filho com umas das filhas de seu velho amigo Soun Tendo. Este por sua vez, quer que uma de suas filhas case para dar sequência ao Estilo Vale-Tudo de Artes Marcias, criado por sua família. Akane, a mais temperamental das três filhas de Tendo, acaba sendo a escolhida. O problema é que nem ela nem Ranma aceitam o casamento arranjado. E não é só isso, Akane e a versão mulher de seu noivo ainda dividem o coração do veterano Kuno, o valentão da escola. Pior ainda é que Ryouga, antigo desafeto de Ranma, também se apaixona por Akane. Sem contar as outras “noivas” do herói que surgem ao longo da história ? em sua grande parte por causa de alguma falcatrua passada de Genma. E assim, a confusão está instaurada na Academia Tendo de Artes Marciais.

strikerStriker

De Hiroshi Takashige e Ryoji Minagawa. Conhecido também como Spriggan é um mangá de 1988 e parece ser sido publicado em Portugal por volta de 1996. Completo em onze volumes, não se sabe ao certo se a obra foi concluída. As fontes dizem que ele foi cancelado antes do fim na terra de nossos colonizadores. Leia mais sobre essa edição aqui.

O título é inédito no Brasil.

Sinopse: Muitos anos atrás, uma civilização antiga uma vez governou a Terra. Eles eram conhecidos por artefatos avançados e máquinas, mas foram destruídos no final devido ao mau uso de suas criações. Criando placas de mensagem indestrutíveis escritas em hebraico, essas pessoas deixaram mensagens para as gerações posteriores, informando-as de que se elas não conseguissem encontrar um bom uso para suas criações, elas deveriam ser destruídas. Várias entidades como paramilitares, exércitos nacionais e forças armadas privadas começaram a procurar secretamente esses artefatos “misteriosos” para serem usados para seu próprio bem e contra seus inimigos depois do fim da Guerra Fria. Somente a ARCAM Corporation pode impedir que essas forças se destruam com essas máquinas “avançadas”. Com a ajuda de seu braço militar, o Exército Privado ARCAM e seus agentes secretos de elite conhecidos como Spriggans (ou Strikers), ARCAM planeja virar as marés da batalha contra aqueles que ameaçariam a segurança da humanidade usando os perigosos artefatos.

MERIBÉRIKA-LIBER


akira-meriberikaAkira

De Katsuhiro Otomo. Teve seus seis volumes divididos em 19 edições em Portugal. Foi publicado entre 1998 e 2004.

No Brasil, o mangá foi publicado pela editora Globo entre 1990 e 1998. Deve ser relançado em 2017 pela editora JBC.

Sinopse: Ano: 2019. Cidade: Neo-Tóquio. Período: após a  III Guerra Mundial. É neste ano, cidade e período que encontraremos Tetsuo, o mais novo membro da gangue de Kaneda. O rapaz acaba por se deparar com uma criança misteriosa que havia escapado do programa de investigação psíquica secreta do governo. Ao lado da criança, Tetsuo acabará sendo levado pelos responsáveis da pesquisa secreta e será submetido às mais diversas experiências, o que o fará despertar poderes que ele não imaginava ter. Tal projeto científico faz explodir a luta pelo poder entre diversos grupos rivais, envolvendo seitas religiosas, intrigas políticas e revolucionários com o objetivo de conseguir o controle de um garoto de gigantesca habilidade psíquica e destrutiva, Akira.

mother-sarah-vol1Mother Sarah

De Katsuhiro Otomo e Takumi Nagayasu. Foi publicado entre 2000 e 2003 em Portugal e apesar de ser do mesmo criador de Akira não teve sorte e foi abandonado após a terceira edição. No total são 11 volumes.

O título é inédito no Brasil.

Sinopse: Époque e Mother Earth são os nomes de duas facções em constante conflito devido a uma descoberta científica. A Terra não está habitável graças a um conflito nuclear e a raça humana agora se refugia em estações orbitais. Nesse ínterim se descobre que se for lançada uma bomba de grande potência no polo norte, todo  o hemisfério congelaria, mas o sul tornar-se-ia habitável dentro de três anos. Mesmo sem autorização extremistas da Époque lançam a bomba. O conflito entre as duas facções acaba se intensificando e isso força um retorno à Terra antes do tempo. E é aqui que entra Sarah que vê a morte do marido e, no meio da confusão, é separada dos seus filhos. Agora ela terá que buscar seus filhos perdidos…

Planeta deAgostini


dragon-ball-planeta

Dragon Ball

De Akira Toriyama. Primeiro e único mangá publicado pela multinacional Planeta deAgostini em Portugal. O título foi publicado na íntegra entre 2001 e 2002 em periodicidade semanal.

Como todos sabem, no Brasil o mangá foi publicado primeiramente pela Conrad em duas oportunidades, uma inconclusa. Posteriormente foi relançada pela Panini.

Sinopse: A história de Dragon Ball conta a vida de Son Goku, um menino morador da Montanha Paozu com cauda de macaco, desde as suas aventuras quando criança até se tornar avô. Durante a sua vida, participa de muitas batalhas com adversários cada vez mais fortes, procurando sempre aumentar a sua força. Nas suas viagens, Goku conhece várias pessoas, criando, muitas vezes, uma amizade muito forte com elas, que o ajudam a vencer os vilões da história,ele embarca em uma aventura para achar as esferas do dragão.

Mangaline


my-hime-1Mai-hime

De Kenetsu Sakou. Lançado em 2006 em Portugal, a obra teve apenas 1 de seus cinco volumes publicados.

O título é inédito no Brasil.

Sinopse: Conta a história de um rapaz, Tate Yuuichi, que está radiante por entrar numa escola mista. Mas rapidamente descobre que essa escola está sobre constantes ataques de estranhas criaturas chamadas de “Orphan”, e a escola junto garotas que podem usar o poder de “HiME” para proteger o restante dos alunos. E os problemas não ficam por aqui, Tate descobre que cada uma dessas “HiME” tem uma “chave”, uma pessoa que quando se junta a uma dessas garotas é capaz de invocar um “Child”, uma unidade de combate, para destruir, mais eficientemente os “Orphan”. Para sorte de Tate, fica sabendo que é a “chave”, não de uma “HiME” mas sim de duas. Duas alunas rivais, extremamente competitivas. E isso é apenas o início do problema.

vampire-princess-miyu-1Vampire Princess Miyu

De Narumi Kakinouchi e Toshiki Hirano. Série em dez volumes. Foi prometida para ser publicada mensalmente durante o ano de 2006, mas no fim apenas o primeiro volume acabou saindo.

O mangá é inédito no Brasil.

Sinopse: Esta série conta a história de uma vampiresa leal chamada “Miyu”, que, com a ajuda de Larva (um ex-shinma) e Shiina, defendem o mundo dos seres humanos contra os “Shinmas”, demônios que se aproveitam da fraqueza e ingenuidade dos seres humanos. Com o poder de oferecer a felicidade eterna em troca de uma mordida Miyu é, no entanto uma criatura destinada a solidão eterna.

lupin_manga_1Lupin III

De Monkey Punch. Teve apenas dois volumes publicados antes de ser descontinuado. O título é inédito no Brasil.

Sinopse: A história segue as aventuras de um grupo de ladrões liderados por Arsène Lupin III, neto de Arsène Lupin, o ladrão cavalheiro da série de romances de Maurice Leblanc. Lupin e sua gangue fazem viagens em todo o mundo para roubar tesouros e escapar à lei.

Editora Asa


dragon-ball-asaDragon Ball

De Akira Toriyama. Antes da entrada da Devir, a Asa foi a última editora a investir em mangás, trazendo de volta o clássico Dragon Ball. Infelizmente, a empreitada da empresa não durou mais de dois anos e Dragon Ball foi cancelado após a décima oitava edição.

Como dito, no Brasil o mangá foi publicado primeiramente pela Conrad em duas oportunidades, uma inconclusa. Posteriormente foi relançada pela Panini.

Sinopse: A história de Dragon Ball conta a vida de Son Goku, um menino morador da Montanha Paozu com cauda de macaco, desde as suas aventuras quando criança até se tornar avô. Durante a sua vida, participa de muitas batalhas com adversários cada vez mais fortes, procurando sempre aumentar a sua força. Nas suas viagens, Goku conhece várias pessoas, criando, muitas vezes, uma amizade muito forte com elas, que o ajudam a vencer os vilões da história,ele embarca em uma aventura para achar as esferas do dragão.

K_Astroboy_Layout 1Astro Boy

De Osamu Tezuka. Foram publicados três volumes da série. Pelo que se sabe não era intenção da editora publicar todos os 23 volumes do mangá.

No Brasil, tivemos uma série de 3 volumes publicada pela Panini, desenhada por Akira Himekawa.

Sinopse: Astroboy é uma história de ficção científica na qual num mundo futurista, os humanos habitam ao lado de robôs. Desesperado pela angústia da perda do seu filho, o Doutor Tenma criou um poderoso robô exatamente à imagem do seu filho e tratou-o como se fosse o mesmo. Este é o argumento base de uma das mais poderosas histórias japonesas que se mostrou muito avançada para a altura e misturava diversos elementos que a ajudaram a consagrar-se, colocando em debate temas e sentimentos fortes, embora sob forma inocente e simplista.

yu-gi-oh-portuguesYu-Gi-oh!

De Kazuki Takahashi. A empresa publicou apenas 7 dos 38 volumes existentes. No Brasil o mangá foi publicado pela editora JBC.

Sinopse: À primeira vista, a trama nos remete aos clássicos dos mangás shonen (voltado para meninos), mostrando o protagonista, o ingênuo Yugi Muto, despertando o seu aparentemente “eu interior verdadeiro” e lançado na chamada “saga de superação”, tradicional do gênero: ele precisa aprender a driblar os obstáculos que surgem em seu caminho ­ seja escapar de um trote de um aluno mais velho na escola, ajudar um amigo ou desvendar o lendário “Enigma do Milênio”. Tomando o Egito antigo como referência, Kazuki Takahashi, autor do mangá, criou um jogo de cards que virou febre em todo o planeta: Monstros de Duelo (Duel Monsters). O card game, que surgiu nas páginas do mangá estrelado por Yugi e seus amigos, traz regras mais simplificadas se comparadas às dos jogos de RPG mais tradicionais ­ como Magic. Mesmo assim, o duelista é obrigado a ter um notável conhecimento sobre os poderes e fraquezas dos monstros e “itens” representados em cada uma de suas cartas para triunfar em suas batalhas. A estratégia escolhida também é fundamental para o êxito durante um duelo de monstros.

***

Além desses títulos há alguns “mangás não-japoneses” publicados por lá, mas preferi aqui me concentrar apenas nas publicações nipônicas. É possível que um ou outro título tenha saído por lá, mas não encontramos no momento. Se você souber de algum não deixe de nos avisar^^.

 

Curta nossa página no Facebook

 Nos siga no Twitter

BBM

Atualizado em 21/05/2017

Anúncios

10 thoughts on “Os raros mangás em Portugal…”

  1. Uma vez eu já tinha pesquisado sobre o mercado Português, quando descobri como ele era até me deu pena

    desses títulos, se fosse pra importar algum, acho que só compensaria aqueles volumes únicos, porque eles tem a história completa, e parecem ter um conteúdo interessante, não pesquisei nada, mas julgando pela capa são slice of life adultos

    Essa Devir de Portugal faz parte da Devir que publica quadrinhos aqui no Brasil? Será que publicar mangás lá, faria ela publicar por aqui também? Por exemplo, eles tem o Platinum End, eles editam o material lá, eles poderiam repassar pra cá, e não seria nem necessário um tradutor, apenas uma pequena adaptação para PT-BR

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sim, é a mesma editora.
      Mas isso não quer dizer que possam lançar aqui. Eles devem ter licença apenas para comercializar em Portugal. Para lançar aqui precisaria de uma licença específica.

      As editoras brasileiras, por exemplo, só possuem licença para vender seus mangás no Brasil.

      Curtir

      1. Sim, depende da licença, Panini e Mythos mandam seus quadrinhos para lá (Marvel, DC, Bonelli e Mônica), mas a Abril não (Ela chegou a ter editoras lá, mas atualmente tem uma editora que publica Disney regularmente, a Goody).

        Curtir

    2. Jiro Taniguchi é slice of life sim, mas adulto, sobre a cultura japonesa. São considerados mangás culturais pelo governo japonês. Já li O homem que anda e gostei muito, quase não tem texto, na verdade, acompanha um ano na vida de uma casal recem casado durante as estações e época em que estão conhecendo seu novo bairro. O Terra de Sonhos, na verdade Inu o Kau, é a compilação de uma oneshot (capitulo único) que foi tão boa que ganhou premiação de obra mesmo, a primeira história é sobre o envelhecimento e perda de um cão, mostrando as dores e esforços tomados para criar e dar conforto ao cão que morria aos poucos, a seguir o casal acaba adotando gatos e mostra como aconteceu e toda a adaptação e experiência com o novo animal.

      Nunca li o do meio, já tentei importar, mas a editora se recusa a enviar para mim. Lol

      Curtido por 1 pessoa

  2. RPG também é algo raro lá, engraçado que eles lançaram D&D lá e aqui chegou a ser importado, mas agora, a Devir de lá muito mal publica jogos de tabuleiro, lembro até de um site de uma associação de RPG em Portugal

    http://www.abreojogo.com/

    Mangás locais também são raros, tinha a revista Banzai, que depois virou Jan Ken Pon, sem contar alguns fanzines, existia até um evento, o Manga 24 horas.

    Curtir

Deixe sua opinião. Seu comentário é muito importante para nós^^.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s