Notícias rápidas

NR 212. Selo Ink Comics será descontinuado? (Atualizado)

inkJBC NÃO deixará de usar o selo…

[Atualização 05/12/2016]

Inicialmente havíamos informados que o a JBC deixaria de usar o selo Ink, conforme divulgado pelo site Crunchyroll. Entretanto, em comentário no Twitter ao blog Chuva de Nanquim, a editora JBC informou que houve uma confusão com as informações passadas pelo Crunchyroll e o selo não será encerrado. O que acontece é que ele passará por reformulações e, por ora, diminuirá de tamanho e não será expandido, mas continua vivo:

 

Segundo informações divulgadas pelo Crunchyroll, durante palestra na Comic Con Experience (CCXP) teria sido revelado que a editora JBC iria deixar de usar o selo Ink Comics. Ainda segundo o Crunchyroll, as séries do Ink (To Love-Ru e Savanna Game) passariam a ter o selo normal da editora JBC.

Aos que não se lembram, em 2014 a editora JBC anunciou um novo selo chamado Ink Comics. O objetivo do selo era a publicação de quadrinhos nacionais e “outros” Os primeiros a sair seriam o Henshin Mangá e o segundo volume de Combo Rangers.

ink

Em 2015, como a volta de Marcelo del Greco à editora foi decidido que o selo abrigaria também alguns mangás japoneses diferentes que não se enquadrariam na sua linha normal e ficariam aos cuidados do ex-editor da Nova Sampa.

Ambas as ideias, quadrinhos nacionais e mangás japoneses diferentes pareciam interessantes, mas a partir do momento em que começaram a ser anunciados os títulos as dúvidas surgiram. O que Kill la Kill, Bullet Armors e Savanna Game tinham de diferente? Cassius Medauar então deu uma outra explicação. Ele disse que o selo serviria também para lançar coisas que não se encaixariam na grade de lançamentos da editora. Em outras palavras: sem o Ink alguns dos títulos só seriam lançados muito posteriormente.

Até essa explicação parecia boa, mas no fim tudo pareceu se perder e, na realidade, não fez diferença alguma existir ou não esse selo. Segundo o Crunchyroll havia planos para o Ink, mas ele teve que ser remodelado devido à crise econômica brasileira.

Não é o primeiro selo da editora a ter uma diminuição. Antigamente, a JBC utilizava o selo Graphic Novel para a publicação de obras com um acabamento melhor, como Miyuki-chan no país das maravilhas, que saiu em offset, páginas coloridas e orelhas.

***

BBM

Anúncios

11 thoughts on “NR 212. Selo Ink Comics será descontinuado? (Atualizado)”

  1. Muito confusa essa história desse selo, pensei que serviria para trazer títulos de outros países além do Japão ou não muito pedidos mas que seria interessante ter no catálogo da editora pra dar uma diversificada, mas no final, os mangás do selo eram mangás que poderiam muito bem ter vindo pela linha normal e ainda tem o acabamento padrão em papel jornal ¯\_(ツ)_/¯

    Mas afinal, como esse negócio de selo funciona? Isso de fato pode facilitar ou acelerar a negociação, por exemplo? Lembro que a NewPop tinha comentado que faria um selo diferente para suas obras com indicação +18, o que faz sentido para diferenciar a linha adulta, mas isso influencia alguma coisa de contrato ou algo assim?

    Curtido por 1 pessoa

      1. Não tem como dar certeza, mas selos tem a ver com catalogação da editora e organização de linhas de produtos, dificilmente é algo que licenciante qualquer se importaria. O fato deles simplesmente dizerem que os próximos saem sem o selo mostra que não tem nada a ver com contrato, se tivesse, eles teriam que pedir permissão um a um e acho difícil que eles iriam ter o trabalho por algo tão bobo… faria mais sentido finalizar as coisas do selo e pronto.

        Curtir

  2. Acho que a proposta inicial era investir em obras independentes como Robo Esmaga, para ver se era rentável investir nessa área, mas não sei porque acabou não indo muito a frente, em seguida quiseram investir em uma maior demanda de publicações por mês e talvez todos os lançamentos a linha principal seria toda em off-set (pela falta do papel jornal), e os mangas menos “populares” iriam para o Ink no formato padrão, mas o aumento no valor do papel off-set fez a editora volta com o formato padrão, e agora novamente, a crise fez a editora muda a periodicidade e diminuir o numero de lançamentos, onde atualmente o selo Ink já não tem muita aplicação. :/

    Curtir

  3. Sempre achei achei que por ele sairia mais coisas nacionais, manhwas, mangás franceses… mas nada…

    portanto, existindo ou não, não faz diferença
    agora os mangás vão ter um logo a menos, só isso

    Curtir

Os comentários estão encerrados.