Review

Resenha: Maria (Henshin Mangá #02)

img_20161003_133818Nós acreditamos em… Maria!

Em setembro, a editora JBC lançou o Henshin Mangá #02, coletânea de histórias vencedoras do segundo concurso nacional de mangás realizado pela editora. Adquiri o volume e vim comentar minhas impressões aqui. Resolvi, entretanto, fazer um pouco diferente e realizarei cinco postagens, uma para cada história. Decidi dessa forma, pois me pareceu mais justo com cada one-shot poder analisar mais detidamente cada história em vez de ter que me preocupar com o número de linhas  e cansar vocês, leitores.

Nesta postagem, analisaremos “Maria”, de Fabiano Ferreira, a primeira história do Henshin Mangá #02.

henshin mangá 02Maria

O one-shot conta a história da lobisomem Maria, seguidora de Nhanderú, e a tentativa dela de proteger os irmãos e a vila após a morte da mãe, especialmente em relação à Iara, seguidora de Anhangá. A narrativa utiliza-se muito do folclore e das crendices típicas do solo brasileiro. Iara, a conhecida sereia, torna-se a vilã da história; já a protagonista é a primeira filha mulher de uma família com seis filhos homens, invertendo a lógica do lobisomem tradicional brasileiro; sem contar citações a Nhanderú e Anhangá, que salvo qualquer erro de pesquisa são pertencentes à mitologia Tupi-Guarani.

A obra utiliza-se desses elementos, porém ao contar a história a gente sente falta de uma maior sintonia entre as referências e o desenvolvimento da narrativa. Meio que fica subentendido que Maria é forte devido ao amor dos seguidores de Nhanderú, e que Iara é malvada por ser seguidora de Anhangá e ganhar mais força com o sofrimento de suas vítimas. Porém, a narrativa não nos diz o porquê das coisas. Por que Iara é seguidora de Anhangá? E qual a real relação dos poderes com as divindades? Muitas outras perguntas se acumulam e a história fica com essas lacunas.

Porém existe uma coisa que me incomodou mais do que isso. O mangá fala bastante de folclore, lendas e crendices nacionais. Trata-se de uma narrativa feita para estar imersa no nosso imaginário, ainda que brinque com certas situações. Porém há um momento extremamente incomodo no mangá em que o autor esquece isso e coloca uma crendice japonesa do nada. A personagem Maria espirra e diz que, em razão disso, alguém deve estar falando dela.

Essa não é uma crença local. Se o mangá brinca com as crendices brasileiras, deveria ter colocado algo como “minha orelha está queimando, então devem estar falando de mim”, já que por aqui a crença é essa. Não existe nenhuma justificativa em todo one-shot para ter sido colocado isso. A gente até poderia forçar a barra e poderia pensar que ela conhece a crendice japonesa já que o sonho dela é ser desenhista, mas isso não faria nenhum sentido. Sem dúvida foi uma falta de cuidado por parte do autor nesse sentido.

Apesar desses defeitos, contudo, eu consegui gostar da história e me permiti imaginar uma história mais bem desenvolvida, com uns dois ou três volumes. A premissa é realmente muito interessante e valeria a pena o autor investir nessa obra, corrigir os erros e expandir mais o universo.

Nota: 05 de 10

***

Leia as outras resenhas:

As loucas aventuras de Joy Comet

Träumen

Chuva de meteoros

Escarra Brasa – o cangaceiro gentil

BBM

Anúncios

1 thought on “Resenha: Maria (Henshin Mangá #02)”

  1. Boa tarde, me chamo Esthela Serkes Sato e sou desenhista e mangaká. Como o senhor e várias outras pessoas falaram, há questões que não foram reveladas… Ainda. Todo bom autor deve saber o que deixar oculto e o que revelar, para assim, manter um equilíbrio e provocar curiosidade nos leitoros. Então, no desenrolar da história, mas coisas sobre cada personagem são reveladas e ligadas com o presente. Obrigada por me ouvir, adeus.

    Curtir

Deixe sua opinião. Seu comentário é muito importante para nós^^.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s