Matérias

Por que a Panini ainda não lançou Dragon Ball Super?

Dragon-Ball-SuperOu por que a editora decide perder dinheiro…

 

Para quem ainda não sabe (existe alguém assim?), o animê Dragon Ball Z está ganhando uma continuação no Japão intitulada Dragon Ball Super e muitos fãs assistem religiosamente esse caça-níquel desenho animado toda semana. Juntamente com a versão animada, surgiu também um mangá no Japão com o mesmo nome, que ficou a cargo de Toyotarou, conhecido por Dragon Ball AF.

super
Pessoa pedindo Dragon Ball Super quando o título sequer tinha um volume lançado

Desde o lançamento do mangá muita gente está indo na página da Panini no Facebook ou no Twitter pedindo para a editora trazê-lo “para ontem”. Até campanhas já foram organizadas para a empresa publicar o título.

Apesar da mobilização das pessoas nem sinal de a editora trazer o mangá. Por que a Panini ainda não trouxe? Será que ela está querendo perder dinheiro?

db super
Campanha por Dragon Ball Super

Se você é um desses ansiosos(^^), o motivo de a editora ainda não ter trazido o título é muito simples: o mangá até agora só possui 1 volume publicado no Japão. A editora até já respondeu alguns leitores e disse que seria meio impossível pensar em trazer esse mangá tão cedo para o Brasil.

Dragon ball super 01
Capa do primeiro volume de Dragon Ball Super

Mas qual é o problema de trazer um mangá com apenas um volume? Será que os japoneses não liberam?

Nem deve ser essa questão. Representantes das editoras nacionais já confirmaram que algumas licenças só são negociadas após o título ter um certo número de volumes, mas o caso de Dragon Ball Super é outro completamente diferente. Quer dizer: pode até ser que não tenha licença aberta para o Brasil ainda, mas mesmo se tivesse não seria o momento ideal de lançar por aqui.

Vejam bem: não faz sentido lançar um mangá que tenha só 1 volume e não se tenha previsão do segundo. Olhem o caso da NewPOP e seu mangá No game No life: até hoje muita gente fica perguntando se a editora não o cancelou já que só foi lançado um volume.

Embora o caso de Dragon Ball Super seja diferente de No game No life, a comparação é válida, pois caso a Panini lançasse o volume 1 agora, não teria previsão de lançar o segundo. A obra simplesmente não teria uma periodicidade e sairia de forma muito irregular, a cada 6,7 , 8 meses ou mais de diferença entre um e outro, igual ocorre hoje com alguns títulos em hiato, como Kimi ni todoke.

Podemos ver um exemplo mais concreto desse complicador com Drifters, mangá da editora Nova Sampa. A editora publicou os três volumes disponíveis e até hoje não lançou o quarto. Fora os problemas enfrentados pela editora, os japoneses demoraram cerca de um ano para mandar o material desse volume, segundo as informações passadas pela editora. O resultado é essa publicação que se tornará bastante eventual e muito espaçada.

O mesmo se repetiria com Dragon Ball Super. Ele é serializado em uma revista mensal e, por isso, só deve ter em média apenas dois volumes por ano! Só para você ter uma ideia, os capítulos começaram a sair no início do segundo semestre de 2015 e o volume 1 só foi publicado em abril de 2016 no Japão. Como querer um mangá assim?

A verdade é que o público brasileiro não está acostumado a essas “demoras”. Só o fato de uma parte dos consumidores já quererem esse mangá é um indício do quão ansiosos são os leitores brasileiros. Eu sei que no meio dessa galera que vive pedindo o mangá, há aqueles que não sabem como funciona o método de publicação no Japão e que há outros que pensam erroneamente que precisam “mostrar interesse” o mais rápido possível para que a Panini não o deixe passar, mas o que mais se vê são pessoas sofrendo de ansiedade crônica por algo que não se tem previsão de fim.

Não seria melhor esperar o mangá acabar ou ter uma grande quantidade de volumes para então desejar o título? Por que essas pessoas querem ter o título agora, já, neste instante, em que só se tem um volume publicado? Simplesmente não faz sentido, principalmente em se tratando de Dragon Ball.

A franquia é um sucesso em nosso país ainda hoje e, por conseguinte, é fácil prever que produtos e mais produtos da franquia virão ao país. Alguém acha mesmo que o animê Dragon Ball Super não será dublado em português? Alguém acha mesmo que, fazendo sucesso, o mangá também não venha? Então para quê ansiedade?

Está certo que títulos de sucesso despertem interesse imediato, mas não há necessidade de alarde, de campanhas e nem nada desse tipo de coisa por agora, pois o título ainda é muito recente. No momento, os fãs de Dragon Ball e de Akira Toriyama devem se concentrar em Dr. Slump e Ginga Patrol Jaco….

***

Aqui falamos mais 0 lado do consumidor e sua crise de querer o mangá o mais rápido possível, mas é evidente que publicar um mangá com apenas 1 volume deve ter seus complicadores para as editoras, sejam eles quais forem…

Mas independente disso, o ideal aqui no Brasil realmente é esperar um título ter mais volumes para só então começar a publicá-lo. Pelo menos por enquanto. Pode parecer injusto que outros países consigam publicar mangás recém lançados no Japão e nós não, mas é o que temos para hoje.

Talvez chegaremos no dia em que poderemos ter vários títulos sendo lançados conforme forem saindo no Japão, como ocorre frequentemente na França. Por lá, só para citar um exemplo atual, Platinum End, o mangá mais recente da dupla Ohba e Obata, foi licenciado antes mesmo de possuir um volume e é publicado digitalmente de forma simultânea com o Japão, ganhando a versão impressa logo em seguida. Que mercado interessante é o francês não é mesmo?

A grande questão a se perguntar é o seguinte: o que precisa mudar para que em nosso país tenhamos esse tipo de publicação simultânea? A pergunta fica no ar para quem queira pensar sobre o assunto…

***

Obs (1): Então, leitores, a não ser que a Panini nos surpreenda (e recentemente ela sempre pode nos surpreender) e traga Drangon Ball Super já para o ano que vem não devemos esperar por esse título tão cedo no Brasil..

OBs (2): Esse texto também vale para as pessoas ansiosas pelo novo mangá de Card Captors Sakura (que não tem nem um volume) e o mangá Boruto (apenas um volume). Eles não devem vir agora, mas é só uma questão de tempo até eles aparecerem por aqui. Não precisam se preocupar com isso…

BBM

Anúncios

12 thoughts on “Por que a Panini ainda não lançou Dragon Ball Super?”

  1. Uma tempo atrás tava lendo os comentários na pagina da Panini, e tinha um cara tão ansioso mas tão ansioso que, tava com uma proposta maluca de, já que Dragon Ball Super não tinha um volume(na época) porque a Panini não pegava os “capítulos soltos” e encadernava por conta própria? Como se as coisas fossem bem simples de serem resolvidas. :v
    Acho que as pessoas tem sim o direito de pedir os seus títulos favoritos, mas acabam sendo meio egoístas em criticar a Empresa por não trazer seus títulos favoritos ou criticar por não vir em um formato de luxo e não pensam em quais são os motivos que levaram a Empresa a fazer tal escolha.

    Curtir

    1. Só completando, isso de pegar os capítulos é possível. A Abril recentemente fez isso com o Kingdom Hearts, a França fez isso com Boruto. Não é uma ideia tão maluca assim não, hehe. É uma questão da editora fazer uma proposta e a editora japa aceitar, o mesmo de lançar um mangá da “forma padrão”, não é mais ou menos simples, é o mesmo processo.
      E só porque eu sou MUITO chata… Ninguém tem direito de fazer sugestões, ter direito a algo é ter um poder preestabelecido de se fazer aquilo. Não está no código do consumidor o “direito de encher o saco das empresas para fazer o que você quer”. XD Sugestões, críticas e reclamações caem todas na mesma categoria de Feedback Voluntário, e todo Feedback é interesseiro e egocêntrico, já que você se coloca numa posição de informar a empresa, que nada lhe deve fora a qualidade e usabilidade de seus produtos segundo leis, como ela deveria fazer as coisas. Hehe 🙂

      Curtir

  2. quando eu faço solicitações, certamente q a obra já terminou, ou tem uma quantidade grande de vol.. com essa ansiedade, o pessoal só suja os comentários da pagina da panini, pedindo mangás, q nem “EXISTEM” ainda kkkk.

    Curtir

    1. sem contar q vejo muita gente, do mesmo jeito q vc falo, reclamando por nao lançarem o vol. 2 de No Game No Life MANGA e a pessoa nem vai atras, pra ver q nao existe, kkkk q a obra é uma Novel kkkkk. as pessoas q mais reclamam são as q nao tem conhecimento nenhum, nesse mundo de MANGAS E LN.

      Curtir

  3. Outro exemplo é Black Lagoon,a Panini até hoje não fala nada sobre trazer o vol.10.Por outro lado,só tem isso de volume inédito graças ao autor ser mais um “daqueles” que só trabalha nas raras vezes que sente vontade,o melhor é fingir que acaba no 9 mesmo,não fica nada em aberto mesmo…

    Curtir

Deixe sua opinião. Seu comentário é muito importante para nós^^.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s