Notícias rápidas

NR 158. Os mangás parados da Nova Sampa

jensEditora ainda vive…

No último fim de semana, começou a acontecer o Anime Friends 2016, evento realizado anualmente em São Paulo. Tivemos palestra de duas das quatro grandes editoras nacionais de mangás, a JBC e a Nova Sampa. A palestra da JBC não teve nenhuma novidade (a empresa sequer mandou release para os sites e blogs como costuma fazer), a não ser a informação surpreendente de que UQ Holder! foi um grande sucesso em sua estreia. Já sobre a Nova Sampa, no entanto, tivemos algumas informações e viemos aqui repassá-las a vocês.

Basicamente o sumiço da Nova Sampa durante todos esses meses se deu, sobretudo, por questões econômicas. Segundo a empresa eles já tinham um cronograma todo feito para o ano, mas a crise abateu-se sobre eles. Douglas Sousa (responsável pela editora) afirmou que vários dos parceiros da empresa faliram por causa da crise. Ainda segundo ele, vários mangás da editora já estão prontos, mas encontram-se parados na gráfica por falta de papel O_o.

A editora planeja sim continuar a publicação de mangás e deseja eliminar o grande espaçamento que existia entre um volume e outro na Nova Sampa. Vejam a seguir a situação dos mangás da Nova Sampa:


Novos títulos


Pride – o super campeão: todos os quatro volumes já estão prontos (editados, capas aprovadas, etc), mas o título está há dois meses na gráfica parado por falta de papel. Entretanto ele já tem previsão para sair: fim de julho ou início de agosto.

Carnaval Glare: tudo pronto. Está na gráfica há três meses também por falta de papel.

Horoshiya-san: os três primeiros volumes já estão feitos, falta o 4º e último tomo

Godeath: todos os volumes produzidos. Também está na gráfica.

Malicious Code: todo traduzido. Entrando em produção.

Hakuoki e Muvluv unlimited: anunciados dois anos atrás. A empresa tinha o contrato desses títulos, porém a empresa de jogos responsável pelas obras criou empecilhos. A Nova Sampa constantemente entra em contato com os japoneses para saber se há uma solução, mas até agora nada. A empresa tentará ainda mais uma vez, mas dará um ultimato aos japoneses. A editora deu a entender que  se nada for resolvido, os títulos infelizmente não serão publicados…

Queen’s Blade: como a empresa já tinha dito antes, eles têm duas novas séries desse mangá já negociadas.


Mangás parados


Drifters #04: está em estágio de aprovação de capa. Segundo a empresa, os japoneses demoraram um ano para mandar o material. O volume 05 do título já está negociado, mas ainda não enviaram o material.

Ikkitousen: terminando tradução dos próximos volumes.

Hitman: até o momento foram lançados 6 de 31 volumes. Esse título demorará um pouco mais para sair, pois a empresa está renegociando para poder lançar mais números em sequência. Provavelmente só deve começar a sair no começo do ano que vem…

***

Fora isso, a editora tem mais títulos em negociação e alguns já fechados, mas decidiram não anunciar nada por agora.

BBM via Gyabbo

Anúncios

13 thoughts on “NR 158. Os mangás parados da Nova Sampa”

  1. Só eu estou achando essa história muito mal-contada? Como assim parados na gráfica pois estão sem papel? Um dos parceiros da Sampa era fabricante de papel e faliu?

    Curtir

    1. Fornecedor e fabricante não são necessariamente a msm coisa. Possivelmente era um forncedor de preço baixo e qualidade rasoavel que permitia a sampa ter um preço competitivo perante as demais editoras. E a grafica que eles usavam tbm faliu.

      Curtido por 1 pessoa

  2. Quando eu li essa sábado essa informação da “falta de papel”, na hora me veio a impressão de “a gráfica prioriza as outras editoras”. Sei lá, é meio estranho uma editora com falta de papel, tá bom que não é barato e tal, mas eles são uma editora, é o mesmo que uma fabrica não ter chapa de aço.

    Já que tudo aparentemente está pronto, acho que uma opção para a Nova Sampa seria a publicação de boxes. Eu sei que eles já fazem quando finalizam uma obra, mas eu digo das séries novas. Ao invés de lançar Pride mensal e ter todo o custo com distribuição, poderiam já finalizar ele e lançar de vez um box com os 4 volumes.

    Curtir

    1. Seria ruim porque por exemplo, na unica banca da minha cidade eles se recusam a trazer boxes, msm trazendo encadernados em capa dura de hqs o.O
      e na cidade que eu vivia que tinha dezenas de bancas, nenhuma trazia boxes, certas bancas parecem rejeitar esse tipo de produto.

      Quanto a grafica priorizar determinada editora, eu ja vi falar disso e que msm a jbc ja teve desse tipo de problema :/

      Curtido por 1 pessoa

    2. Não acho uma ideia muito boa lançar em box. Acho que diminuiria o alcance potencial. Muita gente compra o volume 1 para ver como é, e lançar o box inteiro com certeza diminuiriam muito o número de vendas…

      Quem arriscaria comprar os quatro volume de uma vez de um mangá desconhecido como “Pride”? Muito pouca gente…

      Curtido por 1 pessoa

  3. Não me sinto motivado para comprar mais nada da Nova Sampa, ainda mais com noticias assim, a minha confiança diminui mais ainda…

    Curtir

Os comentários estão encerrados.