Review

Resenha: Knights of Sidonia – volume 3

sidoniaÉpoca de transição…

O volume 3 de Knights of Sidonia vem para começar a nos mostrar respostas e a expandir ainda mais o mundo desse mangá. Algumas questões vinham se acumulando nos dois primeiros encadernados e aqui elas começaram a ser respondidas. Por que Nagate se recupera facilmente dos ferimentos? Por que ele foi escolhido para pilotar o lendário Tsugumori? E, claro, por que apenas uma arma é totalmente eficiente contra os gaunas? A própria sinopse na quarta-capa do mangá mostra que esse é um tomo de revelações, ainda que sejam revelações incompletas.

Knights of Sidonia
Knights of Sidonia

COMENTÁRIOS

ATENÇÃO: HAVERÁ SPOILERS

Como dito, neste tomo conhecemos mais sobre o passado de Sidonia, como eles descobriram o “ingrediente” capaz de matar os gaunas (por mero acaso O_o) e ficamos sabendo que as teorias conspiratórias sobre a existência de seres imortais tinham um fundo de verdade. Também é nesse volume que se começa a construir uma passagem para o próximo ponto da história que, pelo menos no animê, fez o enredo se perder um pouco e iniciar uma trama mais insossa e extremamente convencional.

Mas por hoje não falemos disso. Por agora é importante destacar a captura, feita por Nagate, de uma placenta de gauna em forma humana e a descoberta de um “reservatório” de gaunas bem próximo de Sidonia. Esses dois acontecimentos serão importantes depois, pois são os primeiros sinais de uma grande batalha que irá ocorrer e de uma mudança no modo de defesa da nave contra os gaunas.

Contudo, o ponto mais importante desse volume é a revelação de que o atual Occhiai (ajudante da capitã de Sidonia) é apenas um clone e teve parte de suas memórias apagadas. No passado, por alguma razão desconhecida ele destruiu boa parte dos arquivos de Sidonia e resolveu jogar fora as Kabizashis, a única arma realmente eficiente contra os gaunas. Esse seu ato resultou em uma morte de 99% da população da nave e uma mudança total no modo de viver em Sidonia, devido a um ataque de gaunas. Foi a partir desse incidente que se iniciou a modificação do corpo humano para fazer fotossíntese, ato necessário para que pudessem sobreviver à escassez de alimentos após esse ataque dos gaunas.

Mas em um volume de respostas, as perguntas se acumulam. Por que Occhiai fez isso? Qual era o seu objetivo? Não sabemos… Existe uma teoria conspiratória em que diz que os gaunas só atacam os humanos por causa da Kabizachis. O flashback do passado de Sidonia nos mostra que essa teoria está errada, porém há pontos de dúvida. A placenta de gauna recolhida por Nagate fica constantemente olhando para o depósito das Kabizachis. Por quê isso acontece? Será que os gaunas são mesmos atraídos por ela? Vale lembrar que o ingrediente para a preparação foi encontrada em um local em que havia um gauna e isso poderia ser realmente um indício de que esses seres são atraídos pelas armas. Mas se isso é verdade por que no passado os gaunas atacaram Sidonia mesmo com Occhiai tentando se desfazer das armas? São questões que ficam no ar para os próximos volumes…

Outros comentários

1 – Occhiai transferiu boa parte de seus conhecimentos para um cérebro auxiliar, o qual só poderia ser acessado com o cérebro original, presente no clone. O volume do mangá, entretanto, termina de uma forma um tanto quanto intrigante, Kunato ( o antagonista da história) é levado ao local em que está o cérebro auxiliar de Occhiai. O que acontecerá a partir de agora? Qual a relação de Kunato com Occhiai? E o que esse contato poderá ocasionar? Os mistérios realmente se acumulam…

2 – O fato de eu já ter visto o animê não fez com que eu tivesse surpresa com a revelação de que Nagate Tanikaze é um clone de seu avô, Hiro. Tampouco o fato de ele ser imortal é novidade. Mesmo assim consegui achar muito boa a forma como essas informações foram contadas, mostrando o passado da nave, mas sem explicar ao leitor de forma muito direta. Ainda é um modo comum e normal de fazer uma revelação, mas pelo menos o autor não quis fazer surpresa e deixar revelações como essa para o final da história. Mesmo porque o próprio enredo do mangá já mostrava (mesmo não explicitamente) que ele tinha alguma espécie de poder.

A revelação neste momento parece ter um motivo. As coisas vão se afunilando e convergindo para uma nova fase do mangá em que o passado e o presente de Sidonia se encontrarão. Ou melhor dizendo, um elemento do passado deve retornar para o presente em breve. Mas isso só dá para ter certeza mesmo após o volume 4. Até lá, ainda estamos na esfera das especulações.

***

No fim, o saldo do terceiro volume é positivo, porém continua sendo um título que está entre o mediano e o bom. O modo de narrar do Nihei continua sendo muito bom, mas o enredo precisa melhorar mais para ter o status de grande obra…

BBM

Anúncios

2 thoughts on “Resenha: Knights of Sidonia – volume 3”

  1. deixei salvo aqui, vo ler depois que ler o mangá. eu achei a tipografia das capas, bem mais bonitas do que a original, essa cor da uma quebrada na capa sem muita cor. vao vejo a hora do meus volumes 1, 2 e 3 chegarem :`P

    Curtir

Deixe sua opinião. Seu comentário é muito importante para nós^^.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s