Notícias, Notícias rápidas

NR 146. JBC muda periodicidade de alguns mangás

Magi-the-labirynth-of-magicE outras notícias…

– Mudança de periodicidade

A editora JBC anunciou uma mudança de periodicidade em alguns de seus mangás, passando de mensais para bimestrais. Serão 5 títulos que mudarão de periodicidade: Zetman, Terra Formars, Magi, To love-Ru e Blood Blockade Battlefront. Os dois primeiros serão lançados nos meses “pares” (junho, agosto, outubro), os dois seguintes nos meses “ímpares” (julho, setembro, novembro). Vale dizer que Magi só se torna bimestral de verdade a partir do 23. O 22 será lançado este mês e o 23 no próximo.

A dúvida fica sobre Blood Blockade Battlefront, cujo volume 3 foi citado como sendo de maio e o quatro programado para julho, mas esse mangá atrasou mês passado e só sai em junho. Será que teremos BBB mês que vem também?

Alguns dos próximos também serão lançados em periodicidade bimestral. Os demais títulos não citados aqui e que são mensais, continuam mensais.

13344536_1305455262817248_3195230763039604091_n

– Ano Hana

Ano Hana também será lançado bimestralmente. Ele sai realmente agora em junho.

– Próximos lançamentos

Os próximos títulos da JBC a sair serão Fullmetal Alchemist, Boku no hero academia e Saintia shou. Não necessariamente nessa ordem.

***

BBM

Anúncios

36 thoughts on “NR 146. JBC muda periodicidade de alguns mangás”

  1. Tentando ser justo com a JBC, acho ok eles mudarem a periodicidade. Os mangás já estão com distribuição nacional não? Achei isso um p* avanço.
    Além disso, com mais títulos saindo a cada dois meses evita de encostar no Japão.

    Curtir

  2. Achei legal essa mudança para títulos que estão em andamento, mas para títulos que já estão finalizados acho um tiro no pé.

    Poxa Zetman ia acabar no comecinho do ano que vem,agora vai acabar no final de de 2017 =(

    Eu também não achei legal essa mudança.em TO Love hu

    Mas fazer oq né?

    Agora é ter paciência para esperar.

    Curtir

      1. Com certeza é uma estratégia (acertada) para lidar com crise, diminuição de vendas, mudança de distribuição, etc. não é por acaso que todas as 3 editoras anunciaram mudanças para todo lado. A Panini também anunciou que lançará mais mangás por mês, a maioria pode ler isso como sucesso e investimento, mas pode ser o contrário, pode ser uma forma de aumentar a entrada de dinheiro para manter a Panini mangá viável. Afinal a redação deles é enorme, precisa retornar um valor x para valer a pena, uma forma de vender mais é exatamente dando mais opções. Se só bolo de chocolate e morango não tá pagando as contas, vamos trazer baunilha, fuba e laranja. Pense nisso. 🙂

        Curtir

  3. No geral, não acho a mudança ruim. Depois de passar anos sem um único título bimestral, a JBC finalmente começou a ouvir seus leitores que pediam mais espaçamento na periodicidade, especialmente desde o ano passado.

    Porém, não acho que Zetman e To Love-ru, que já são títulos finalizados, deviam entrar nessa. Especialmente Zetman, que está tão perto do fim.

    Curtir

      1. O texto sobre papeis que li neste site abriu a minha mente para a questão da crise do papel não existir, mas existir, sim, a “crise do papel jornal”, que pode ser resolvida se as editoras que o utilizam passarem a utilizar off-set, que é ABUNDANTE no Brasil. Parece que, com exceção da NewPOP, minha editora de mangás favorita, elas não pensam.

        Curtir

        1. A uns anos atrás, quando a diferença de preço entre os mangás da NewPop em comparação com Panini e JBC era maior, até dava pra entender usar o papel jornal para baratear, mas agora estamos num ponto em UQ Holder em papel jornal custa praticamente 15 reais enquanto mangás em off-set da JBC custam só uns 2 reais a mais do que isso… para mangás da Panini em jornal que custam uns 12,90 ainda tem mais sentido pois os mangás em off-set deles são uns 4 ou 5 reais mais caros, mas acho que a JBC deveria tentar lançar mais coisa em off-set já que os a diferença não é tão grande.

          Curtir

  4. Faltavam apenas 8 volumes de ZETMAN, mas pra da acompanhar de boa, um ano passa rápido. Tenho muito títulos pra comprar., inclusive.

    O que não estava dando conta era comprar TERRA FORMARS, o volume 10 já saiu o 11 tb e aí ja estava vindo a edição 12, não dá pra acompanhar mesmo os mangás mensais. Foi uma perfeita hora pra os títulos se tornarem Bimestrais. Afinal, compro cerca de 20 títulos por mês…

    Curtir

  5. Eu gostei bastante da mudança e apesar de pegar apenas 3 mangás da editora (sendo 2 assinaturas), também concordo que títulos como Zetman(1 assinatura) ou To Love Ru deveria continuar mensais, já que estão finalizados. Talvez essa mudança seja para encaixar os próximos três que vão sair(Boku no Hero, FMA e Saintia Shou) até porque Parasyte acaba, Gangsta próximo do hiato, FT e Savanna hiato então provavelmente dois dos três que eles disseram já entram em Julho, creio eu.

    Curtir

  6. Resumo da ópera: A crise econômica derrubou as vendas do setor e a editora esta se esforçando pra contorná-la… Abriram mão da receita de curto prazo afim de diminuir custos, evitar percas e tentar salva a receita no médio prazo. Tomara que de certo.

    Curtir

  7. Não estou acompanhando nenhum dos mangás que mudaram para bimestral, mas achei uma boa medida principalmente para os títulos que estão encostando no Japão, só Zetman talvez poderia ter continuado mensal já que falta relativamente pouco para acabar.

    Espero que eles também aproveitem para lançar mais títulos novos com uma qualidade melhorzinha, com um papel offset que não seja tão transparente.

    Curtir

  8. Achei a mudança extremamente positiva! Talvez fosse melhor jogar nanatsu nessa.
    Não vou reclamar (tanto) de mangas finalizados serem bimestrais, acho válido pro bolso. Só sinto por Zetman ja ter pago a assinatura dos 20 volumes. Acho que agora é hora da JBC rever os planos de assinatura para anuais, ao menos para mangas bimestrais.

    Curtir

  9. Eu gostei; não compro muitos títulos, mas compro os que eu gosto e, sempre espero juntar uns volumes na loja para não pagar frete. Pra mim será muito bom. Como costumo comprar sempre de 3 em 3 meses ou mais, e ainda estou para comprar o final de YYH e a partir do 10 de TerraFormars por exemplo, fica mais tranquilo em não correr o risco de o mangá acabar na loja. Hahaha. Cassius e toda JBC tem se esforçado bastante.

    Curtir

  10. É justo dizer que praticamente todos os mangas da JBC viraram bimestrais,basta ver no Guia dos Quadrinhos,que só sobrou The Seven Deadly Sins como mensal,por sinal,ele está tão próximo de sua publicação no Japão quanto estão Magi e Terra Formars,o que em breve vai levá-lo a ser bimestral também,isso é sinal de que os novos lançamentos virão bimestrais mesmo,acho que só mangas com mais de 20 volumes podem ser mensais no futuro próximo.

    Curtir

  11. Será que isso quer dizer que terá ainda mais mangás pela JBC? Ela possui a mesma quantidade mangás que a Panini lançados mensalmente, se virar Bimestral, o numero de mangás lançados por mês dela vai cair a não ser que venha um boa quantidade de novos titulos (levando em conta que tem mangá terminando/encostando os anúncios recentes viriam somente para substituir eles).
    É engraçado que depois que a Newpop acabou com a distribuição em bancas pelas problemas com a Dinap os anuncios da Panini não veem mais com distribuição setorizada e todos da Jbc viraram nacionais e agora bimestrais… É estranho pensar que depois de anos a empresa se sentiu pressionada a mudar…

    Curtir

    1. Acredito que todo esse Boom recente de lançamento apareça no lugar desses, é mais vários apareçam para substituir os que irão concluir em breve. 🙂

      Você claramente é um bom observador, quando todas as editoras do nada fazem mudanças em distribuição e periodicidade, o que isso significa? Que tem alguma coisa por trás! Já tentamos descobrir exatamente o que, mas isso está guardado a sete chaves e ninguém quer comentar, sigilo absoluto. Mas super obviamente a Dinap fez alguma mudança que forçou todas as editoras a mudar. 😉

      Curtir

        1. Pior que nem duvido. A Panini tá até colocando marcador variante em OPM (dentro do mangá, lógico) pra poder lucrar em dobro com os doidos que vão comprar mais de um volume pra tentar tirar outro como se fosse tazo de salgadinho AHAUAHUAHUA

          Curtir

  12. O único lado negativo dessa história é que quando eu fico “viciado” em ler uma obra, um mês parece que não passa nunca para vir o próximo volume e saber a continuação da história, com dois então… O sofrimento será dobrado. Mas vamos pensar em todos que não conseguem comprar mangás mensais.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s