Review

Resenha: O odioso mundo de Vitamin

VitaminA dura realidade e o sonho realizável…

Dentre os diversos mangás lançados no Brasil em 2015, um dos mais sérios é o mangá de volume único Vitamin, de Keiko Suenobu. Diferente de Limit – outra obra da autora publicada ano passado no Brasil – que é um drama de sobrevivência, Vitamin é uma história dura, extremamente verossímil e que nos coloca contra a parede, gerando angústia e muito mal estar.

É um mangá que nos faz perceber a dureza e a idiotice dos seres humanos, especialmente dos adolescentes, e deixa um sentimento de impotência no leitor. Uma narrativa feita não para divertir, mas para pensar e refletir.

Isso não quer dizer que Vitamin seja um mangá perfeito. Ele tem seus defeitos também, especialmente na parte final da trama, mas não tira o mérito de uma história bem construída.

Hoje viemos aqui destrinchar esse mangá que foi lançado em dezembro de 2015 pela editora JBC. Todos prontos?

vitamin (jbc)

Sinopse

Em Vitamin conhecemos Sawako, uma jovem de quinze anos que almeja entrar em uma importante escola. Certo dia, ela e o namorado acabam se encontrando sem querer em uma sala de aula e ele acaba forçando-a a transar com ele. Porém uma pessoa acaba por ver Sawako (e só ela) e sua vida muda a partir daquele momento.

Vitamin 22

História e desenvolvimento

Vitamin é um mangá em que praticamente a cada página a autora joga uma pedrada no leitor. Uma situação ruim aconteceu, você tenta respirar e vem outra, e outra e outra e quando você vai ver o seu rosto está totalmente machucado. Você deseja parar a leitura para não ver as atrocidades que as “amigas” de Sawako fazem com ela, mas as pedradas lhe instigam a ver o que acontecerá com a garota.

De uma simples inscrição no quadro a coisa evolui para linchamentos morais, agressões físicas e humilhações sem sentido. Tiram a roupa dela no banheiro, colocam o rosto dela no vaso sanitário e muitas outras atrocidades são feitas e refeitas. O professor responsável pela turma não ajuda e o namorado nega que estava com ela e termina com a garota sem o menor pudor… A coisa fica tão forte que Sawako não aguenta e acaba por abandonar a escola.

Esse primeiro momento da narrativa coloca o leitor para refletir diversas questões que são expostas no mangá. A canalhice do namorado de praticamente estuprar a garota e depois abandoná-la como se não tivesse culpa, a maldade das colegas de classe ao fazerem essas atrocidades e a irrelevância da autoridade que deveria proteger e preservar a saúde de seus alunos.

Vemos uma Sawako estarrecida que vê sua relação confusa com o namorado transformar-se em algo de natureza pública e gerar-lhe represálias de pessoas que ela imaginava serem amigas. A garota perde totalmente sua autoestima e a noção da realidade, chegando até mesmo a tentar o suicídio.

vitamin 23

Não conseguindo, por muito tempo, contar para os pais o que estava a afligindo a garota é julgada e recriminada por não frequentar a escola, mas encontra refúgio em uma antiga paixão, desenhar mangás. O segundo momento da narrativa é de mais alegria, mas as pedradas continuam a ser dadas aqui e ali. No fim, a história acaba de uma maneira feliz e cheia de esperança.

Os problemas de Vitamin

Não é porque o mangá apresenta um tema pesado e digno de reflexão que ele não possui defeitos e Vitamin possui vários. A parte anterior ao começo de Bullying é muito curta e não dá para sentir adequadamente o clima que existia entre Sawako e as demais meninas. Se esse início houvesse mais relação entre a protagonista e as amigas o impacto da mudança e as posteriores pedradas no leitor teriam sido muito mais impactantes.

Outro ponto ruim da trama é o desaparecimento do namorado de Sawako. Ele some da narrativa após terminar com a garota e esse fio da história acaba deixado de lado, sem um fechamento digno…

A edição nacional

O volume brasileiro foi publicado no formato 13,5 x 20,5 cm e miolo em papel offset ao preço de R$ 14,90. Embora as páginas do mangá possuam uma leve transparência, não há incomodo na leitura.

Veredicto

Sem dúvida alguma, Vitamin não é um mangá para se divertir. É um mangá para você ler, pensar e refletir bastante sobre o mundo e sobre as pessoas. Apesar dos problemas de enredo, a história é muito boa e é uma obra de indispensável leitura para todos.

***

BBM

Anúncios

5 comentários em “Resenha: O odioso mundo de Vitamin”

  1. Não comprei Vitamin, pois dei uma olhada antes na banca e notei a transparência bem marcante. JBC poderia ter cobrado um pouco mais, R$16,90 ou até mesmo R$ 18,90, desde que utilizasse um papel de melhor qualidade, com melhor gramatura, talvez até orelhas. É um one-shot, dava para ter arriscado mais.

    Curtir

  2. Eu comentei na minha review de Vitamin que ele é um mangá chato para quem busca “um quadrinho” para ler ou apenas algo para relaxar da tensão do dia-a-dia. E o motivo é simples, Vitamin não é para isso. Ele é para se pensar, para se discutir e debater.

    Eu acho que essa obra foi trabalhada errado pela JBC, não é um “mangá de banca”, ele poderia ter ganhado um trabalho melhor, um acabamento melhor. Poderia ter sido trabalhado para escolas em meio de parcerias, é uma obra para estar em clinicas de psicólogos, pois ele toca num tema muito, mas realmente muito importante na nossa sociedade atual.

    Eu li Vitamin, e mesmo com todo o desconforto que ele me causou (afinal, essa é a proposta do mangá), acho que ele é muito importante para mostrar que mangás não são apenas ficção e risinhos.

    Que venha agora Onani Master Kurosawa.

    Curtir

  3. Eu desconhecia esse mangá (na verdade estive um tempo afastado dos mangás e estou retomando aos poucos, inclusive esse blog tem me ajudado bastante), mas me interessei bastante, especialmente por tratar de um tema mais denso e, de certa forma, realista. Vou dar uma olhada!

    Curtir

Deixe sua opinião. Seu comentário é muito importante para nós^^.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s