Notícias rápidas, Noticias

NR 134. Ore monogatari e Slam Dunk

ore-monogatariPré-venda, assinatura e título novo?

Ore Monogatari

Ore monogatari versão - francesa...A loja online Universo Lúmina colocou hoje em pré-venda o mangá Ore monogatari, um dos lançamentos da Panini para este ano e, consequentemente, revelou o preço que o mangá deve ter.

Segundo o site, Ore monogatari deve ter o preço padrão da editora R$ 12,90, o que indica que o título deve sair em papel jornal, assim como acontece com a maioria dos títulos da empresa.

Pré-venda de Ore monogatari

Assinatura de Ore Monogatari (1 ao 11) por R$ 127, 71 (10% de desconto)

***

Slam Dunk

migA mesma loja online ainda colocou em pré-venda, o mangá Slam Dunk, de Takehiko Inoue, mesmo autor de Vagabond. Slam Dunk ainda não foi anunciado oficialmente pela editora Panini, mas desde ontem a notícia do novo título já tinha vazado pelo site O vício. O referido site costuma receber com antecedência tudo o que sairá em pré-venda por outro site, a Liga HQ (que até o momento ainda não incluiu nem Slam Dunk, nem Ore Monogatari).

Segundo a Universo Lúmina, o título está previsto para o mês de julho.

Entretanto, o preço de Slam Dunk parece estranho, R$ 12,90. Todos esperavam que o mangá viesse em um formato parecido com o de Vagabond, mas por esse preço seria um formato padrão em papel jornal. Será algum erro?

A empresa Panini ainda não confirmou o relançamento. Beth Kodama, editora sênior da Panini, também não disse sim abertamente, mas ao ser questionada por consumidores afirmou estar na torcida para que a informação seja verdadeira. Provavelmente  a confirmação deve ocorrer na segunda-feira.

Pré-venda de Slam Dunk pela Universo Lúmina.

Assinatura de Slam Dunk pela Universo Lúmina (1 ao 31) por R$ 359,91 (10% de desconto)

***

As lojas como a Comix, Universo Lúmina e Liga HQ costumam receber com antecedência das próprias editoras tudo o que vão lançar, e às vezes ocorre esse tipo de vazamento. Então é quase certo que Slam Dunk seja real. Todos ansiosos?^^.

BBM

Anúncios

22 thoughts on “NR 134. Ore monogatari e Slam Dunk”

  1. Uma pena se Slam Dunk vier em papel jornal. Talvez a Panini esteja com medo de ter tanto mangá por R$ 17,00, tem Ajin e Lobo Solitário vindo nesse formado de luxo.

    Curtir

    1. Pior é que o povo reclama do papel da JBC, como se a Panini não fizesse A MESMA COISA com os mangás dela. Queria que os paninitards comprassem Tokyo Ghoul pra ver a maravilha que os mangás dela são (bem, acho que não compram, visto que vivem denegrindo a JBC e enaltecendo a Panini)

      Curtir

  2. Eu gostaria de algo mais bonito com papel couché de 200 paginas, com poster, páginas coloridas iniciais, marcador de páginas, com orelhas. Eu quero assim. Se não for assim, eu não vou comprar!

    -n. Pode ser normal com papel offset 90g. tá de boa. 15,90 ta bom o preço.

    Curtir

  3. Só quero entender o porquê de ter gente que é CONTRA o “mimimi” pedindo mangá em offset com gramatura de 90g. Você é contra qualidade, é isso? É pedir muito ter um produto de descente no mercado? Não faço questão de uma versão de capa dura, com sobrecapa, orelha, papel offset com gramatura altíssima. Só quero um mangá em offset com boa gramatura, sem transparência tão aparente.

    Curtir

    1. Bem, parece que não são contra a qualidade, mas sim contra o preço que isso gera. E algo melhor, com material de 1º qualidade custa mais caro. No entanto, repare que quem diz isso normalmente são os molequinhos que ganham mesadinha dos pais e tudo mais. Agora, quem compra e investe de verdade, não reclama disso e, sim, exige qualidade naquilo que compram são os adultos: gente mais velha e mais esclarecida. Eu mesmo não reclamo da qualidade, mas da falta de grana pra comprá-lo. E Berserk, Vagabon, One_punch Man, Lobo Solitário e Slam Dunk virão (e alguns deles deles já vieram!) com uma qualidade ótima! Pena que eu não vou poder pegá-los.

      Curtir

    2. Não acho que o fato é ser contra ser em gramatura alta, mas sim, como disseram, o fato de isso encarecer o produto. Muita gente pega vários mangás por mês (e até mesmo outros tipos de quadrinhos), então é normal que muitos queiram estratégias pra economizar um pouco, como lançamento em preço (e, consequentemente, sem qualidade) menor e periodicidade bimestral.

      Outra coisa, que nesse caso eu sou contra, é que muitos acham que TODO mangá do Brasil tem que vir em offset 90g. Pra mim, o pisa brite, vulgo papel jornal, é viável pra muitos lançamentos ainda, especialmente os de séries menos famosas (que não venderão tanto) e os dos mangás muito longos (esses pelo custo que geraria de comprar uma série longa a preços muito altos). Claro, mas também há séries que vieram pra o Brasil em pisa brite ou em offset de baixa gramatura que mereciam um tratamento melhor, como Orange, por exemplo. Mangás de arte muito detalhada também são candidatos a vir em offset bom. Além disso, apesar de offset ser mais durável, eu não acho um papel legal de folhear, então as vezes prefiro o brite só por gosto pessoal mesmo.

      Curtir

    3. Concordo contigo mano, é engraçado um monte de gente reclama da qualidade dos mangás mas quando aa editoras resolvem fazer algo bom reclamam do preço, sempre encontram algo pra reclamar….

      Curtir

  4. parem de reclamar que provavelmente usarão papel mais barato.Já temos vários mangás custando quase 20 reais (sendo que alguns como Zetman e Vagabond são MENSAIS)e voces queriam mais um com esse preço?

    Curtir

  5. Muito estranho se Slam Dunk vier num formato mais básico com papel jornal sendo que ele já foi publicado aqui desta forma. Vou aguardar a editora confirmar, mas estava esperando um formato semelhante à Vagabond.
    Sobre Ore Monogatari, como a Panini anunciou vários shoujos recentemente, eu tinha esperanças de que fossem tentar apostar num formato diferente para este título, não necessariamente com orelhas, capa fosca e tudo mais, mas pelo menos um papel sulfite.

    Curtir

  6. espero que o slam dunk venha em off set com a mesma qualidade de vagabond , e foda-se esses moleques que são pobres e pé rapados e não tem grana para comprar mangá

    Curtir

    1. Não é bem assim, cara. A Panini, antes de tudo, é uma empresa e que ter lucro. Antes de lançar um mangá, ela analisa de a qualidade proposta e consequentemente o preço, fará com que venda bem e ela lucre. Slam Dunk pode até ser bem famoso, mas é mangá de esporte, e muita gente não curte mangás de esportes. Então, se ela acha que não vai vender tanto, colocar em qualidade e preço menor é uma estratégia pra que aqueles com menor poder aquisitivo possam comprar e assim ela lucre mais.

      Curtir

  7. Sobre toda a discussão quanto à “qualidade” entre JBC e Panini, acho que ambas as editoras tem seus méritos e erros.
    Panini: a maior parte do catálogo possui um formato simples em papel jornal, com preços mais padronizados e acessíveis. Títulos em sulfite, capa fosca, orelhas etc são exceções.
    JBC: grande variedade de formatos e preços; possuem uma linha mais simples em papel jornal, reedições em papel sulfite, formato big, alguns títulos um pouco mais bem trabalhados para livrarias e os famigerados “meio termos” que usam papel sulfite, mas de qualidade duvidosa.

    Minha maior birra com a Panini é com os inúmeros títulos cancelados no passado, mas também vejo muitas reclamações por causa de assinaturas e a qualidade oscilante em alguns mangás como Tokyo Ghoul. O formato de OPM e Berserk foi muito acertado pois equilibra bem qualidade e preço, então espero que continuem utilizando ele para obras mais adultas ou com algum diferencial. Gostaria também que eles relançassem alguns títulos antigos em formato melhor e tentassem retomar alguns mangás cancelados.

    Acho interessante a JBC explorar vários formatos diferentes, os mangás big e exclusivos de livrarias por exemplo apesar de mais caros, podem ser adquiridos com ótimos descontos e não tem o risco de esgotarem tão facilmente. Mas depois de tantas reclamações, não entendo porque eles ainda insistem em utilizar o sulfite transparente de Orange; se é para publicar algo com uma qualidade um pouco melhor do que papel jornal, deveriam ter como base o sulfite usado em reedições como Sakura e Yu Yu Hakusho. Já que aparentemente eles estão tentando investir em melhorar a qualidade padrão deles, acho que poderiam seguir um caminho semelhante à NewPop e deixar essas edições mais trabalhadas só para livrarias, mas manter também uma linha mais simples em papel jornal para bancas.

    Curtir

Deixe sua opinião. Seu comentário é muito importante para nós^^.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s