Listas

BBM Lista: As melhores adaptações de títulos

OPINIAO

Parem de traduzir títulos, por favor!

A tradução de títulos – seja de filmes, livros, mangás e etc – ainda hoje é uma questão muito polêmica e que gera constantes debates, geralmente questionando a sanidade de quem escolhe esses títulos. Há argumentações e mais argumentações, mas a verdade é que a tradução ou não de um título não faz a menor diferença em boa parte dos casos.

Minto. Não faz a menor diferença para quem já conhece a obra. Já para quem não conhece,  a tradução ou não de um título pode ser uma questão decisiva para o consumo ou não de um produto. Um título brilhante e chamativo certamente despertará mais atenção de um público mais leigo e, consequentemente, conseguirá atingir mais e mais pessoas.

Nesse sentido, algumas vezes as editoras nacionais de mangás acertam a mão e fazem uma tradução sensacional e que fica muito melhor que o nome original e que as adaptações de outros países.

Hoje listaremos o que nós consideramos como as cinco melhores adaptações de títulos de mangás feitas pelas editoras brasileiras. Vamos lá:

***


capa_so_voce_pode_ouvir_g

5. Só você pode ouvir

O mangá do mesmo desenhista de Another tem como título original Kimi ni Shika Kikoenai e foi traduzido por aqui como Só você pode ouvir.  Em outros países em que o mangá foi publicado, ele também foi traduzido, mas de outras formas como Can you hear me?, na Alemanha, ou Calling You, na Espanha, todos de uma maneira, em nossa opinião, menos eficaz do que na versão brasileira.

Por que a adaptação brasileira é melhor? Porque o título nacional pesa mais no fator dramático da história do que na ideia de uma ligação telefônica como ocorre nas traduções alemã e espanhola. A tradução brasileira não revela a história, não dá spoiler do conteúdo da narrativa e somos pegos de surpresa com uma narrativa bem interessante. E o melhor: a tradução brasileira está em nosso idioma e não em um  idioma estrangeiro…


blade 01

4. Blade, a lâmina do imortal

Blade, a Lâmina do imortal é um título muito criticado por algumas pessoas por possuir uma repetição “desnecessária” no nome. Porém em nossa opinião ele é um dos melhores títulos já feitos para mangás no Brasil.

Trata-se de um nome muito impactante e dá uma ideia de imponência  que Mugen no Juunin (título original) ou Blade of the Imortal (título ocidental) não possuem.


King of Thorn 02 Capa.indd

3. O senhor dos espinhos

O título original Ibara no Oh é bem pífio e sem qualquer chamativo especial. E as traduções ao redor do mundo como König der Dornen (Alemanha) ou King of thorm (Estados Unidos) também não ficam muito atrás.

Por outro lado, a tradução brasileira oferece uma impressão bem grandiosa e é bastante chamativa e vendável. O senhor dos espinhos é um mangá bem mediano, mas o título foi tão chamativo que só compramos por causa dele…


o mito de arata 01

2. O mito de arata

Aqui temos um caso especial em que gostamos tanto do título original, quanto da tradução brasileira. Convenhamos, o título original Arata Kangatari já possui uma eufonia muito grande e é gostoso de pronunciar, porém a tradução nacional do título não deixa por menos.

Ao contrário da tradução americana que é bem sem sal, a brasileira consegue ser bem chamativa. Pena que isso não foi suficiente para o título vender bem…


Nura01_Capa.indd

1. Nura, a ascensão do clã das sombras

Não é preciso de muito esforço para perceber o quanto o título original é ruim. Nurarihyon no Mago é quase impronunciável e qualquer editora que mantivesse seu nome seria taxada de louca.

Há que se convir que as capas desse mangá não são chamativas e a manutenção do nome original praticamente extinguiria a possibilidade de venda desse título para os que já não conhecessem a obra. Nesse sentido, a tradução do nome para Nura, a ascensão do clã das sombras foi perfeita e ficou absolutamente sensacional.

Guardadas as devidas proporções, diríamos que essa tradução foi tão boa, quanto a tradução do insosso nome Ferris Bueller’s Day off para Curtindo a vida adoidado.


***

Essa foi a nossa postagem de hoje. Há algum outro título  nacional de mangá que, em sua opinião, seja bem impactante e que esquecemos? Coloque nos comentários.

Biblioteca Brasileira de Mangás

Anúncios

3 comentários em “BBM Lista: As melhores adaptações de títulos”

  1. Nura realmente foi uma adaptação boa. Quando foi lançado aqui, mesmo não conhecendo a série, comprei. Claro que nunca mais comprei outro volume pq o primeiro é péssimo, mas isso são outros quinhentos. O título funciona.

    Curtir

Deixe sua opinião. Seu comentário é muito importante para nós^^.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s